Conselho

É possível cortar as folhas inferiores da abobrinha em campo aberto e deve ser feito

É possível cortar as folhas inferiores da abobrinha em campo aberto e deve ser feito



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os jardineiros podam e beliscam hortaliças como pepino, tomate, abóbora, mas nem todos sabem se é possível cortar as folhas da abobrinha para melhorar sua frutificação. As folhas desta planta são grandes. Eles criam sombra enquanto mantêm a abobrinha fresca e úmida. Portanto, a questão de saber se é necessário podar as folhas levanta dúvidas.

Eu preciso cortar e por quê?

As folhas de abobrinha não só desempenham uma função importante - protegem os frutos do sol escaldante. Um grande número de folhas também pode ter consequências negativas. Se um arbusto de abóbora tiver muita folhagem, evita que o solo aqueça e evapore a umidade. Como resultado, são criadas condições favoráveis ​​para a vida de várias pragas (caracóis, lesmas).

A umidade excessiva, combinada com a diminuição da temperatura, contribui para o desenvolvimento de doenças fúngicas. Nessas condições, a fruta pode começar a apodrecer. Portanto, os jardineiros colhem algumas folhas de abobrinha no campo aberto. Isso minimiza o risco de formação de fatores negativos.

A poda do excesso de vegetação é necessária nas seguintes condições:

  1. Quando uma doença é encontrada nas folhas de uma planta. Nesse caso, as áreas infectadas são removidas com cuidado para evitar a contaminação não só da parte sadia do mato, mas também de outras hortaliças localizadas nas proximidades.
  2. Se os arbustos cresceram e interferem com outras plantas.
  3. As folhas amareladas e danificadas estão sujeitas a remoção.

Com os devidos cuidados, você consegue uma boa colheita.

Tudo sobre abobrinha, regras para poda de caules e folhas

O vídeo mostra como você precisa cortar. Este é um processo importante, pois a correta retirada do excesso de vegetação contribui para o desenvolvimento saudável de qualquer tipo de abobrinha.

A retirada das folhas contribui para uma melhor polinização da planta. Se o arbusto cresceu muito, será difícil para os insetos chegarem às flores e polinizarem. E cortando 2 a 3 folhas, você pode facilitar o acesso das abelhas às flores.

O que sai e quando você pode escolher

Como remover adequadamente o excesso de vegetação:

  1. A massa verde da planta não é cortada, mas cortada.
  2. O procedimento deve ser realizado com faca afiada.
  3. Corte os brotos o mais próximo possível do caule, pois os caules ocos podem apodrecer e infectar a planta.

A poda preventiva é feita em três etapas:

  1. Na primeira vez o procedimento é realizado na época da floração para melhor acesso dos insetos e da luz solar às flores. A folhagem é cortada durante o dia, quando o tempo está bom, para que as rodelas tenham tempo de secar à noite. Eles removem as partes do arbusto que escondem as flores.
  2. O próximo acabamento é higiênico. É realizado a qualquer momento. Previamente, vale a pena inspecionar todos os arbustos e determinar a presença de massa verde que precisa ser cortada. Processos secos, danificados, enfermos e amarelos são removidos.
  3. A terceira etapa é realizada quando os ovários dos frutos começam a se formar. Este estágio é importante porque o ovário defeituoso é removido junto com as folhas extras. É necessário examinar cuidadosamente a planta, para identificar as partes danificadas e fortemente sombreadas do arbusto de abobrinha. O rendimento depende muito deste procedimento.

Ao executar a manipulação, é necessário um senso de proporção. Os agricultores que podavam grandes quantidades de folhas de abobrinha, mais tarde, enfrentaram problemas com o cultivo de vegetais.

Segredos e recomendações para o cultivo de abobrinha

As recomendações para o cultivo de abobrinha são simples. Quando são realizados, o processo de cuidar de uma safra que ama o calor trará prazer e uma boa colheita.

Muitas pessoas adoram pratos de abobrinha. O vegetal é consumido mesmo cru, pois é rico em oligoelementos úteis e necessários à saúde humana. Os agrônomos descobriram que, para um melhor amadurecimento e formação de substâncias úteis, as frutas precisam ficar ao sol o máximo de tempo possível. Portanto, é muito importante cortar o excesso de vegetação acima da fruta em tempo hábil.

Ao transferir mudas para um terreno aberto, é recomendável levar em consideração a possibilidade de crescimento de vegetais. Em alguns casos, os arbustos podem ter um diâmetro grande - 1,5-2 m. A distância recomendada entre os arbustos é de pelo menos 70 cm, e entre as linhas - pelo menos 80 cm. É necessário escolher o local certo para o cultivo . As abobrinhas amam o solo quente, localizado em uma área ensolarada e protegida do vento.

Para proteger canteiros de vegetais de doenças, jardineiros experientes aconselham o plantio de cebolas e alho na vizinhança. Abobrinha coexiste perfeitamente com eles.

Mudar o local do cultivo ajudará a evitar doenças. A cada nova safra, recomenda-se o plantio de abobrinhas em áreas diferentes.

A rega é de grande importância no cuidado de um vegetal. A cultura adora umidade, mas é melhor não molhar as folhas, caso contrário elas se queimarão com sol e calor. Regado por baixo e de preferência com água fria. A rega é combinada com o tempero superior. Durante o período de formação do ovário, a rega deve ser abundante.

No processo de cuidados com a planta, é recomendável prestar atenção ao aparar as folhas inferiores. Eles podem reter fortemente a umidade, bloquear os raios solares e, assim, prejudicar a produção e o amadurecimento dos frutos. O imposto de consumo precisa ser de 2 a 3 folhas em 2 semanas, mas não com mais frequência e nem mais. Caso contrário, existe o risco de estragar o mato.

Para que o vegetal dê frutos o mais tempo possível, as camas são cobertas com papel-alumínio. Isso é necessário para se manter aquecido. Começam a se abrigar a partir da segunda quinzena de agosto, quando as noites ficam mais frescas.

A colheita é feita com faca ou tesoura afiada. O fruto é retirado juntamente com o pedúnculo. Não é recomendado colher de um arbusto mais de uma vez por semana. Amostras sem podridão e outros defeitos óbvios são consideradas próprias para consumo. Seu tamanho é de 20-25 cm de comprimento e 10 cm de diâmetro.


Assista o vídeo: GALLO-e: Importância da conservação de polinizadores Dra. Katia Braga (Setembro 2022).