Conselho

Os benefícios e malefícios da salsa durante o início e o final da gravidez

Os benefícios e malefícios da salsa durante o início e o final da gravidez



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Hoje existe um número bastante grande de variedades de salsa, enquanto os benefícios e malefícios de cada uma delas para a mulher grávida são os mesmos. O conteúdo calórico médio de 100 g de uma planta é de 49 kcal. O principal valor do produto está no rico conteúdo da composição:

  • uma grande quantidade de vitaminas, incluindo os grupos A e B, C, E, K;
  • ácidos orgânicos;
  • fibra alimentar;
  • monossacarídeos e dissacarídeos;
  • minerais, incluindo potássio, cálcio, magnésio, sódio, fósforo, ferro.

A planta contém uma pequena quantidade de gordura, a planta é fonte de proteínas e carboidratos. Vários caules de uma planta são capazes de fornecer ao corpo uma ingestão diária de vitamina C. Os nutricionistas afirmam que existe um excesso dessa substância na salsa em comparação com a cenoura e o limão. Em termos de quantidade de queratina, a erva não é inferior às raízes da cenoura.

Como a salsa afeta a gravidez?

Durante a gravidez, o corpo da mulher está sob forte estresse. A falta de vitaminas e minerais pode afetar negativamente o bem-estar da mãe e do feto e, em casos excepcionais, atrasar o desenvolvimento da criança. As verduras podem ser uma boa fonte de nutrientes quando usadas adequadamente para fins preventivos e terapêuticos.

Nos estágios iniciais

Devido à grande quantidade de vitaminas e minerais, a salsa é capaz de fortalecer o sistema imunológico e ajudar a proteger o organismo da influência de fatores ambientais. Nas fases iniciais, forma-se o feto e os principais sistemas de sua atividade vital, portanto, a capacidade da mãe de resistir a vírus e infecções afeta favoravelmente o desenvolvimento do embrião.

Nos primeiros estágios da gravidez, o uso da salsa deve ser feito com cautela, não se deve se esforçar para comer grandes quantidades de verduras.

Nas fases iniciais, as verduras podem ser utilizadas em pequenas quantidades e principalmente como tempero de pratos ou como ingrediente no preparo de cosméticos. Essa limitação se deve à capacidade da erva de induzir o aborto. No passado, as mulheres usavam essa qualidade da planta para interromper gravidezes indesejadas. A planta é um estimulante muscular e pode aumentar o tônus ​​do útero, o que leva à perda do filho.

Numa data posterior

Muitas mulheres, quando estão grávidas, enfrentam o problema da anemia, que se resolve com sucesso comendo salsa. A falta de oxigênio ameaça o bebê com a falta de oxigênio, o que leva ao aparecimento de patologias e atraso no desenvolvimento da criança. Devido ao alto teor de ferro no corpo, o nível de hemoglobina é restaurado e o bem-estar da mulher melhora.

Durante a gravidez, muitas mulheres grávidas se deparam com cáries, violação da estrutura do cabelo e queda de cabelo, doenças do sistema músculo-esquelético. Ao usar decocções e infusões de salsa, a gravidade do problema é reduzida.

O problema com a maioria das mulheres grávidas é o inchaço, incluindo de natureza renal e cardíaca. Graças ao efeito diurético da planta, ao usar tal erva, pode conseguir uma melhor remoção do excesso de líquido do corpo.... É impossível abusar das decocções diuréticas à base de salsa, uma vez que as substâncias úteis são eliminadas do corpo junto com o líquido. A inclusão de verduras na dieta permite lidar com distúrbios no funcionamento do sistema digestivo, incluindo inchaço e formação de gases.

Propriedades úteis da salsa durante a gravidez

A cultura do jardim contém uma grande quantidade de antioxidantes, que ajudam a aumentar as propriedades protetoras do corpo da mulher grávida. O uso de salsa tem o seguinte efeito:

  • a vitamina C melhora o funcionamento do sistema imunológico;
  • o ácido fólico contribui para o desenvolvimento adequado do feto;
  • o ferro evita o desenvolvimento de anemia;
  • fósforo e minerais preservam a integridade dos ossos, dentes, melhoram a aparência do cabelo;
  • a vitamina K contribui para a nutrição do sistema esquelético.

Devido à rica composição da salsa, a inclusão desse produto na dieta alimentar contribui para o bom crescimento e desenvolvimento do feto. A planta ajuda a melhorar o bem-estar da gestante e facilita o processo de gravidez.

Decocção durante a gravidez

A melhor opção para obter matéria-prima para o preparo de caldos é cultivar verduras em canteiro individual ou em recipiente no parapeito de uma janela. Recomenda-se levar como ingredientes folhas verdes frescas sem sinais de defeitos, que são bem lavadas antes do uso. Ao comprar no mercado, preste atenção na cor e no cheiro da grama: os bons verdes têm uma cor viva e um aroma rico.

Para preparar o caldo, pegue um cacho médio de verduras e ferva em uma pequena quantidade de 200 ml de água. Use a ferramenta das seguintes maneiras:

  • para administração oral;
  • na forma de uma solução para tampões, que são aplicados nos olhos com conjuntivite;
  • Como um anti-séptico bucal para problemas de gengiva;
  • para a prevenção e tratamento da estomatite, uma vez que o caldo tem propriedades desinfetantes.

No verão, uma decocção à base de salsa pode ser usada como um remédio eficaz para picadas de mosquito. Para obter o resultado, basta lubrificar a área afetada com um cotonete umedecido com líquido.

Os produtos com salsa têm um bom efeito anti-envelhecimento e branqueador, o que permite a sua utilização como produto cosmético para o rosto. O problema da pigmentação da pele é familiar a muitas mulheres grávidas, embora o uso de cosméticos muitas vezes seja impossível devido à presença de odores específicos neles, o que é especialmente agudo durante a gravidez devido a constantes crises de náusea. O caldo é preparado da seguinte forma:

  • pegue alguns talos de salsa lavados;
  • as verduras são colocadas em um recipiente e enchidas com um copo de água fervente;
  • o caldo é infundido por 2 horas;
  • o líquido é filtrado e colocado em um recipiente opaco.

O caldo preparado é usado para enxugar a pele pela manhã ou à noite, utilizando o produto como uma loção natural. Se desejar, você pode congelar o produto na forma de pequenos cubos de gelo e usá-los conforme necessário como um produto seguro para a pele.

Para o preparo de caldos, pode-se usar raiz de salsa. Deve-se ter em mente que a raiz dos vegetais tem um efeito maior do que as folhas de salsa. Em conexão com este recurso, tais decocções devem ser usadas com extremo cuidado. As raízes de salsa ficam bem armazenadas no inverno, portanto, por falta de vitaminas, podem ser um bom substituto para ervas frescas.

Infusão de salsa para gestantes

A infusão à base de salsa ajuda a aliviar os surtos de náuseas, bastante comuns durante a gravidez. Normalmente, essas manifestações são características dos primeiros períodos da gravidez, mas podem perturbar a mulher durante todo o período de gravidez.

A infusão é preparada a partir de sementes de salsa:

  • tome 1 colher de chá. sementes;
  • despeje 2 xícaras de água fervida;
  • insista 8 horas;
  • filtrar e despejar em um recipiente.

A infusão é administrada por via oral em 1 colher de sopa. 30 minutos antes das refeições.

Contra-indicações

Uma contra-indicação ao uso de salsa e produtos à base dela é a intolerância pessoal à erva. Sujeita às normas de uso, a planta é segura e pode se tornar uma “ajudante” na hora de carregar uma criança. Quase a única proibição do uso de ervas para prevenir os problemas de uma mulher grávida é a presença de nefrite. Pessoas com tendência a reações alérgicas devem ter cuidado ao preparar receitas com salsa.

Não ultrapasse os limites permitidos e use salsa em grandes quantidades. Devido ao efeito diurético, o uso de decocções de salsa promove a remoção de fluidos do corpo, enquanto substâncias úteis são inevitavelmente eliminadas. O perigo reside na ameaça potencial de criar uma deficiência de nutrientes no corpo. Os ossos do sistema músculo-esquelético são os mais suscetíveis a isso.

O produto contém miristicina, que em grandes doses pode causar alucinações, levar à perda de coordenação, tonturas e convulsões.


Assista o vídeo: Symptomer på graviditet (Agosto 2022).