Conselho

O que fazer se as folhas dos pepinos na estufa murcharem, como processá-las para tratamento

O que fazer se as folhas dos pepinos na estufa murcharem, como processá-las para tratamento


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A resposta à pergunta de por que as folhas de pepino murcham em uma estufa nem sempre está associada à umidade e ao calor do solo. Para evitar a perda de safra, você precisa descobrir a causa e começar a agir.

As principais razões pelas quais os pepinos murcham em uma estufa

As condições climáticas nem sempre permitem que você cultive pepinos com segurança em uma área aberta. Portanto, cada vez com mais frequência, os horticultores começaram a instalar uma estufa em seu local, onde, ao que parecia, todas as condições foram criadas. Mas o clima de estufa nem sempre afasta os problemas das plantações de vegetais.

Existem várias razões principais pelas quais as folhas dos pepinos podem murchar.

  • As folhas do pepino murcham na estufa devido à não observância da distância entre as mudas (com isso, os cílios se entrelaçam, atrapalham o fluxo de ar e luz para todas as partes da planta).
  • Os pepinos podem desaparecer por falta ou excesso de umidade.
  • Usar água fria para regar camas de pepino.
  • Doença fúngica ou viral.
  • O contato com folhas de pepino de produtos químicos destinados a alimentar o sistema radicular.
  • A presença constante do chicote de pepinos sob os raios escaldantes do sol durante o dia.
  • A razão para o murchamento das folhas de pepino é uma vizinhança infeliz em uma estufa (por exemplo, pepinos não se dão bem com tomates, então precisam ser plantados separadamente).
  • Os pepinos podem morrer devido à fertilização inadequada ou à sua ausência total.

Se a razão pela qual as folhas do pepino ficam amarelas e murcham é o calor, então muitas vezes elas não são prejudicadas pelo próprio sol, mas pela presença simultânea de outros fatores desfavoráveis. Se você regar pepinos em um dia ensolarado, há uma grande probabilidade de queimar. As folhas secam e caem. Portanto, é necessário regar de manhã ou à noite e, após o procedimento, certifique-se de ventilar o ambiente.

Pelas mesmas razões listadas acima, pepinos em campo aberto podem se sentir mal. Além disso, as condições climáticas desfavoráveis ​​podem ser notadas na forma de noites frias, ventos fortes e chuvas prolongadas.

Se os pepinos em uma estufa de policarbonato não apenas murcharem, mas também ficarem amarelos, as razões podem estar associadas a fatores desfavoráveis ​​como doenças infecciosas das plantas e do solo, invasão de pragas, irrigação excessiva e ventilação rara do ambiente. Ao mesmo tempo, os pepinos podem ter formas irregulares e ter um sabor amargo.

Por que os pepinos murcham em uma estufa e o que fazer

Se as folhas dos pepinos ficarem amarelas e murcharem, é preciso verificar todas as mudas para entender o motivo e só depois começar a resolver o problema.

  • Caso o exame não revele vestígios de pragas e infecção, mas apenas se observe murcha das folhas dos pepinos na estufa, é necessário regar a planta. A água deve estar morna (cerca de 20 graus), o melhor é acomodar em um barril durante o dia. Depois de regar os pepinos, é recomendável soltar o solo. Isso melhorará o fornecimento de oxigênio e nutrientes às raízes.
  • Pepinos morrem em temperaturas acima de 27 graus. As folhas começam a secar e amarelecer. É necessário monitorar o regime de temperatura, ventilar a sala, sombrear a estrutura e regar as camas até duas vezes ao dia.

  • As folhas de pepino também murcham na ausência de polinização suficiente. Se variedades de pepinos polinizados por abelhas foram selecionadas, as portas da estufa devem ser abertas para fornecer acesso livre aos insetos polinizadores. Você pode atraí-los com soluções doces. Se variedades autopolinizadas são plantadas, você precisa ajudar a planta. Para fazer isso, sacuda levemente a haste com a mão várias vezes ao dia. Você pode transferir o pólen das inflorescências masculinas para as flores femininas com um pincel.
  • Mudas de pepino podem mudar de aparência devido à falta de micronutrientes no solo. As folhas do pepino murcham e se curvam devido à falta de nitrogênio. O tratamento foliar com infusão de fezes de frango pode compensar a deficiência, sendo adequado o curativo de cobertura com uréia.

  • As folhas também murcham devido a danos no sistema radicular. Eles podem ser danificados durante o afrouxamento. A alimentação com nitrogênio e amontoamento da muda ajudará a salvar a situação.
  • As folhas inferiores dos pepinos ficam amarelas e secas como resultado da falta de luz. As folhas superiores, sombreando a fileira inferior, não deixam passar a luz. O problema não é terrível, basta arrancar as folhas que secaram.
  • As folhas podem secar devido à falta de potássio, fósforo ou magnésio.

Durante o período em que os chicotes murcharam nos pepinos da estufa, a rega deve ser feita manualmente. Regar com ralo fino, sem pressão, a cada raiz. Não permita que a umidade entre na parte verde da planta.

Se surgir a dúvida sobre como tratar plantas fracas, você precisa recorrer à prática de jardineiros experientes. Os medicamentos comprovados que ajudam os pepinos a ficarem mais fortes e a recuperar são: Previkur, Topsin, Bayleton.

Problemas infecciosos

Os pepinos murcham como resultado da entrada do agente causador de várias doenças na planta. As doenças mais comuns dos pepinos em estufas são a podridão branca e o fusarium.

Uma doença como a podridão branca causa danos ao sistema radicular e a planta perde a capacidade de se alimentar adequadamente. Em pepinos na estufa, você pode ver manchas marrons na base do caule. Gradualmente, as manchas se espalham para as folhas, caule e as plantações de pepino morrem. Um medicamento como a Trichodermin ajuda a combater a doença.

A murcha traqueomicótica de pepinos afeta mais frequentemente os vegetais em estufas. Fungos como fusarium e verticilose, penetrando na planta, destroem os vasos sanguíneos e causam a morte da planta.

Fusarium é uma doença fúngica em que todas as partes da planta murcham, começando na copa, e a parte da raiz do caule começa a apodrecer. Manchas escuras aparecem nas mudas afetadas, as folhas secas e onduladas. Seu tratamento é realizado com medicamentos como Fitosporin, Heteroauxin, Kornevin, Trichophyte.

A doença de Fusarium afeta todas as plantas da estufa. Portanto, é recomendável iniciar uma luta com ele quando os primeiros sinais aparecerem. Recomenda-se escolher inicialmente variedades de pepinos resistentes ao fusarium: Ideal, Caprice, Sir, Ryabinushka.

Na maioria das vezes, os canteiros de pepinos são invadidos por pulgões, moscas-brancas e ácaros-aranha. Uma solução de sabão ou uma infusão de casca de cebola ajudará a combatê-los. Você pode usar receitas à base de cinzas de madeira. Se os pepinos murcham na estufa, o que fazer em caso de destruição em massa dos canteiros? Neste caso, você terá que tratar com inseticidas: Aktara, Aktellik.

Ações preventivas

A prevenção inclui o uso de medicamentos comprados em lojas e formulações feitas de acordo com as receitas populares.

  • As sementes da variedade selecionada de pepinos são selecionadas e processadas. É imperativo aquecer as sementes. Muitos jardineiros experientes também os embebem em preparações que estimulam o crescimento e aumentam a imunidade.
  • Recomenda-se mudar a camada superficial do solo na estufa pelo menos uma vez a cada dois anos. Caso contrário, ele se esgota e carece de nutrientes.
  • Você não deve plantar pepinos no mesmo terreno todos os anos.
  • Mantenha distância ao pousar. A distância entre as mudas deve ser de pelo menos 45 cm.
  • É melhor cobrir o solo com cobertura morta. Uma camada adicional de grama, palha e turfa reduzirá o risco de desenvolver doenças, reterá calor e umidade no solo.
  • É imperativo realizar a remoção de ervas daninhas, que podem causar doenças e a propagação de pragas.

Como medida preventiva, é útil borrifar as copas com uma solução fraca de permanganato de potássio e tratar as folhas inferiores com Fitosporina, Trichodermin.

O que fazer quando o pepino murcha em uma estufa, receitas populares

Se as folhas dos pepinos ficarem amarelas, você pode usar receitas populares. Eles são seguros e ajudam a se livrar de muitos outros problemas.

  • Para o controle de pragas, uma formulação de pimenta pode ser feita. Você vai precisar de 35 g de pimenta e misturar com 200 g de pó de tabaco. A mistura é derramada com água quente e deixada em infusão por um dia. Em seguida, a solução é filtrada, e são adicionados sabão e cinzas de madeira.
  • Se os pepinos forem lentos, as cinzas de madeira ajudarão. É tomado na quantidade de 100 g, despejado com um balde de água fervente e insistido por um dia. Coe a solução acabada e dissolva as aparas de sabão.

  • As pontas de batata ajudam a livrar-se do amarelecimento. Você vai precisar de 350 g de verduras, que são despejadas com 10 litros de água quente. Após 3-4 horas, você pode pulverizar as camas de pepino. Para melhor aderência da solução às folhas, dissolva o sabão.
  • Aos primeiros sinais de uma doença fúngica, uma composição com soro de leite ajudará. Você precisa tirar 2 litros do produto e mexer com água.
  • A doença causada por vários patógenos pode ser removida usando uma composição de leite desnatado. Dissolva 20 g de raspas de sabão em um litro de leite, adicione 25 gotas de iodo e misture com água. É útil regar os pepinos com esta solução a cada 10 dias até que o problema desapareça.

Como fertilizantes, você pode usar infusão de verbasco, solução de bicarbonato de sódio, solução de ureia. Eles ajudarão não apenas a remover as folhas secas e amarelas, mas também a enriquecer o solo com oligoelementos.


Assista o vídeo: COMO, E QUAL ADUBO USAR NO PEPINO? (Novembro 2022).