Conselho

Manutenção e cuidado de um coelho decorativo em casa para iniciantes

Manutenção e cuidado de um coelho decorativo em casa para iniciantes


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os coelhos são animais de estimação populares, não caprichosos no cuidado, caracterizados por uma disposição calma e afetuosa. Não é difícil manter um coelho decorativo, basta alimentá-lo correta e integralmente, realizar regularmente os procedimentos de higiene e desinfecção, não se esquecer da vacinação e prevenção das helmintíases. Na ausência de cuidados e alimentação de baixa qualidade, o animal fica gravemente doente e pode até morrer.

Regras para escolher um animal

Existe um grande número de coelhos decorativos, por isso pode ser difícil escolher o animal de estimação certo. Conselhos para criadores novatos: na hora de escolher uma raça, preste atenção em primeiro lugar na natureza do animal e no custo de sua manutenção. Um coelho é escolhido de acordo com os seguintes critérios:

  • o grau de afeto e amizade;
  • reação a estranhos;
  • atividade;
  • o tamanho do indivíduo;
  • o estado do sistema imunológico, o grau de suscetibilidade a doenças;
  • exatidão para cuidar.

Você não deve escolher um coelho anão se houver crianças pequenas na família. Ao brincar com um animal em miniatura, as crianças podem, inadvertidamente, feri-lo.

Você pode perguntar ao vendedor sobre as características da raça decorativa. O comprador deve observar os filhotes sendo vendidos. A aparência e os hábitos podem dizer muito sobre a saúde de um animal. Um coelho saudável parece enérgico, move-se rapidamente, seu casaco de pele é brilhante, não há manchas carecas ou marcas de pulgas nele. Você deve passar a mão sobre o torso para verificar se há lesões e inchaço. O abdômen não deve ser duro.

Raças populares

Normalmente os coelhos são criados para produzir carne e peles, mas experimentos de seleção levaram ao surgimento de raças decorativas, representantes das quais se distinguem por sua aparência fofa e original. Cerca de 50 raças decorativas foram criadas, muitas das quais são caracterizadas por uma variedade e exclusividade de cores.

As raças decorativas mais populares:

  1. O Fold Dutchman é um coelho com longas orelhas caídas, um corpo compacto e pernas curtas. Um adulto pesa cerca de 1,8 kg. A popularidade da raça se deve à variedade de cores, caráter macio e vivo, ausência de patologias genéticas.
  2. Angorá Decorativo - animal de estimação calmo, afetuoso e ensinável, com pelo incomumente fofo. Um indivíduo pesa até 2 kg. A única dificuldade de manutenção é a necessidade de limpeza regular e pentear o pêlo.
  3. Anão - um animal de estimação em miniatura pesando até 1,2 kg, parecendo um coelho em qualquer idade. O animal de estimação tem um corpo bem arredondado, cabeça relativamente grande, orelhas curtas e olhos grandes. O caráter de cada coelho é individual: calmo ou brincalhão, curioso ou manso.
  4. O carneiro anão é um coelho com uma aparência original. Devido à forma arredondada do focinho e orelhas caídas, a cabeça do animal lembra a cabeça de um carneiro. Comparados com outras raças, estes coelhos são bastante grandes, pesando cerca de 2,7 kg, têm um corpo forte com músculos bem desenvolvidos. Carneiros anões são amados por sua brincadeira, afeto, falta de medo das pessoas.
  5. Rex é um grande coelho decorativo que pesa até 4,8 kg. A popularidade da raça americana deve-se à estrutura especial da pelagem curta: não há pêlos duros, devido a que a pelagem tem aspecto e toque de veludo. Esses coelhos são amigáveis, mas escolha uma pessoa que preste mais atenção a eles como seu dono.
  6. Hermelin, também conhecido como coelho polonês, é um animal de estimação em miniatura com pelo branco como a neve, pesando até 1,3 kg. Ele é amado por sua boa aparência: focinho arredondado, orelhas curtas, olhos expressivos.

Condições para manter um coelho decorativo

Coelhos são sensíveis à luz ultravioleta direta, calor, umidade e corrente de ar. Devem ser mantidos em temperaturas de +18 a +20 ° C e umidade em torno de 50%. Manter um animal de estimação decorativo em um apartamento não requer muitas coisas. Deve ser comprado:

  • gaiola (para que o animal não sinta cãibras, seu comprimento deve ser de pelo menos 1 m);
  • uma tigela (você deve pegar uma volumosa de metal ou cerâmica para que seja difícil para o animal virar);
  • uma tigela para beber (você precisa comprar uma que prenda nas hastes da gaiola, já que o coelho vira a tigela de água);
  • bandeja (aconselha-se levar com treliça para que o animal não manche as patas);
  • uma casa para descansar e dormir;
  • transportar para viagens à clínica veterinária;
  • escova de lã;
  • clipper.

Também é preciso adquirir areia para a bandeja, sempre amadeirada, sem sabor. A cama da gaiola é escolhida entre palha ou serradura, é colocada com uma camada de 5 a 8 cm de espessura.

Opinião de um 'expert

Zarechny Maxim Valerievich

Engenheiro agrônomo com 12 anos de experiência. Nosso melhor especialista em chalés de verão.

Se você pretende levar seu animal para passear, você deve comprar uma coleira. Coelhos decorativos são lúdicos e ativos, por isso é aconselhável colocar brinquedos na gaiola: uma roda, bolas, cachimbos ocos.

O enchimento da bandeja é trocado e as células são limpas a cada 2-3 dias. Uma solução aquosa quente de vinagre é usada como desinfetante. Não devem ser usados ​​produtos químicos, pois podem prejudicar a saúde do animal.

Procedimentos de higiene

Cuidar de um coelho decorativo é fácil. Eles o penteiam uma vez por semana, durante o procedimento verificam se há pulgas e doenças de pele. Não vale a pena dar banho no animal, esse procedimento é um grande estresse para ele. Se o pelo ficar manchado, apenas a área suja é lavada, com cuidado para não respingar água nas orelhas e no focinho. Após a lavagem, o animal é enrolado em uma toalha felpuda até que o casaco seque. Não seque o cabelo de coelho lavado com um secador de cabelo. O barulho do aparelho vai assustar o animal, e o fluxo de ar quente pode queimar a pele delicada.

Além disso, o cuidado inclui verificar as orelhas em busca de lesões parasitárias a cada 2 semanas, examinar as patas em busca de tumores e úlceras. As garras devem ser cortadas à medida que crescem, é aconselhável confiar este procedimento a um veterinário.

Alimentos aceitáveis ​​e inaceitáveis

A dieta de um animal de estimação decorativo inclui:

  • feno do prado;
  • grama fresca (no verão colhem em uma área ecologicamente limpa, no inverno compram grãos de trigo para germinar);
  • vegetais e tops (cenoura, abobrinha, abóbora);
  • galhos de árvores e arbustos (maçã, pêra, framboesa, choupo);
  • frutas e bagas (maçãs, peras, cascas de melancia e melão, uvas).

A água é trocada diariamente, mesmo que não seja toda bebida. O coelho é alimentado 3 vezes ao dia.

Você não pode tratar um animal decorativo:

  • Doces e tortas;
  • produtos lácteos fermentados;
  • frutas cítricas e outras frutas exóticas;
  • ameixas;
  • cebola e alho;
  • comida humana.

O grão e o repolho são dados ao coelho em quantidade mínima. A ração com grãos está saturada de carboidratos, quando consumida em excesso causa obesidade e o repolho provoca flatulência. Giz e pedra de sal são colocados na gaiola. São fontes de elementos minerais para o animal.

Doenças e vacinações obrigatórias para coelhos

Como os coelhos decorativos são o resultado da seleção, sua imunidade é bastante fraca e algumas raças são suscetíveis a doenças genéticas e complicações associadas a características anatômicas.

Na maioria das vezes, os coelhos decorativos têm:

  • doença hemorrágica viral;
  • pasteurelose;
  • mixomatose (sinal - nódulos no corpo);
  • rinite infecciosa;
  • inflamação dos brônquios e pulmões (devido a condições inadequadas de temperatura e corrente de ar);
  • diarreia e flatulência (devido a condições insalubres e nutrição de má qualidade);
  • inflamação do sistema geniturinário (sinal - sangue na urina);
  • conjuntivite (uma consequência de condições anti-higiênicas);
  • helmintíase, acompanhada por diarreia e uma perda de peso acentuada;
  • dano de pulga;
  • lesão com ácaro da pele (um sinal - manchas calvas na pelagem);
  • dentes encravados nas bochechas;
  • tumores do útero em mulheres.

É impossível tratar um animal sozinho, um veterinário deve cuidar disso. Para fins profiláticos, o animal é vacinado em intervalos regulares. A primeira vez que o vírus hemorrágico é vacinado na 6ª semana de vida, a segunda injeção é feita após 3 meses. Além disso, eles são vacinados contra doenças hemorrágicas uma vez por ano.

O animal é vacinado contra a mixomatose pela primeira vez aos 10 meses de idade. Além disso, a vacinação é feita 2 vezes por ano, de abril a outubro, quando os insetos que carregam a infecção estão ativos. A corrosão preventiva de vermes é realizada a cada 2-3 meses.

Se você cuidar bem de um coelho decorativo, ele viverá de 7 a 9 anos.

Questionamento sexual em coelhos e reprodução

Roedores ornamentais atingem a maturidade sexual por volta dos 3-4 meses de vida. Se a reprodução não for planejada, indivíduos de sexos diferentes devem ser reassentados. A atividade sexual de um coelho é determinada por vários sinais:

  • comportamento agressivo e agitado;
  • aumento da atividade física;
  • ignorando a bandeja;
  • o desejo de marcar cantos (típico do homem);
  • o desejo de equipar o ninho (típico da fêmea).

Para o acasalamento, a fêmea é apegada ao macho. Caso contrário, é impossível, uma vez que o cavalheiro se deixará levar pela pesquisa de território desconhecido, ele não se preocupará em prestar atenção à sua namorada. No processo de acasalamento, os animais acasalam em várias abordagens. O tricô é repetido a cada dois dias. Se não houver necessidade de criar animais decorativos, é aconselhável castrar o macho. Então ele vai se comportar com calma, parando de marcar cantos.

Vale a pena andar na rua

Não é necessário andar com um coelho doméstico decorativo, mas se desejar, pode levá-lo para a relva durante a estação quente. Para uma caminhada, escolhem um dia claro quando não há vento forte. Eles levam o animal de estimação para passear com uma guia especial de coelho.

Mas mesmo que o coelho não saia de casa, não deve ficar na gaiola sem sair, caso contrário, a obesidade e as patologias esqueléticas não podem ser evitadas. O animal deve ser solto diariamente para que se divirta e corra no chão.


Assista o vídeo: Coelhinho de tecido passo a passo (Novembro 2022).