Conselho

Com que frequência os morangos devem ser regados durante o amadurecimento e a frutificação dos frutos

Com que frequência os morangos devem ser regados durante o amadurecimento e a frutificação dos frutos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Para não se enganar, descobrindo com que frequência e abundância regar arbustos de morango, é preciso conhecer as regras de cuidado com esta cultura. Além de usar água, é possível usar fertilizantes líquidos, estimulantes de crescimento. Os períodos de floração e frutificação requerem a abordagem oposta, observando o regime de bebida. A zona climática e a estação também são influenciadas. Ter uma compreensão dessas sutilezas é extremamente importante.

Regras de rega de morango

Para garantir um suprimento regular de morangos suculentos e perfumados à mesa, para obter uma colheita estável, é necessário regar adequadamente os arbustos. A cultura é específica, com estrutura peculiar de sistema radicular e regime hídrico.

A maioria dos jardineiros sabe que os morangos "bebem" muita água, mas poucos sabem que o transbordamento é mais perigoso para eles do que a seca.

As raízes são divididas em superficiais, que absorvem a umidade das camadas rasas do solo, e longas, localizadas nos horizontes inferiores do solo. Ambos comem separadamente.

A tarefa do morador de verão é garantir um fluxo uniforme de líquido ao longo da altura da torta de terra, evitando o encharcamento, a estagnação.

Com que frequência e com que regar morangos para uma colheita alta

Disputa de rega molhando. Existe um regime de bebida para os morangos no tempo seco, mas também existem regras para as estações das chuvas. A planta experimenta uma necessidade especial de líquido de maio a setembro, período de crescimento ativo e frutificação.

Até que chegue o calor, no início do período vegetativo, a frequência de rega é de 7 em 7 dias. Mudar a temperatura para cima requer o ajuste dos "procedimentos de água": 2-3 vezes por semana. O tipo de solo, por sua vez, também afeta a frequência e a quantidade de umidade para alimentação dos morangos. Morangos em solos arenosos, caracterizados por alta drenagem, precisam ser umedecidos a cada 2 dias durante o verão. Com a chegada do outono, a rega é reduzida gradativamente para não causar a putrefação do solo e do subsolo da planta.

Se chover, o solo recebe umidade natural suficiente, nenhuma alimentação adicional é necessária.

É dada especial atenção à temperatura da água. A rega com líquido frio estimula o desenvolvimento da podridão, levando à morte dos arbustos. Recomenda-se acomodar a água em barris ou tanques, e só então "regar" suavemente os morangos, evitando que caiam nas folhas. Não há tempo para regar meticulosamente cada arbusto de um balde, regadores - você pode adaptar a mangueira de rega ao tanque de armazenamento, não é difícil.

Características da rega por estágios de vegetação

Existem várias etapas de rega, focadas em diferentes períodos de desenvolvimento do mato:

  1. Imediatamente após o pouso. Os morangos plantados não serão capazes de liberar os talos das flores na ausência da concentração necessária de líquido na mistura do solo.
  2. No início da floração. A formação de inflorescências, ovários, frutificação depende da observância do "regime de beber".
  3. Quando as bagas aparecem, frutificam. Se não houver irrigação suficiente, não haverá colheita. Este é um axioma.

As etapas diferem na quantidade de umidade distribuída, em doses para cada dia. É permitido combinar fertilização e irrigação, mas você não pode experimentar livremente. É muito importante dar aos morangos toda a água de que precisam, nem um mililitro a mais ou a menos.

Regar no início da estação de crescimento

Assim que o arbusto é plantado no solo, ele precisa ser regado imediatamente. É importante escolher a dose correta de líquido. Na maioria das vezes, os morangos são plantados na primavera ou no outono, em clima moderadamente quente, então você não deve ser muito zeloso com água. Certifique-se de direcionar o jato na raiz, não no topo. A dose recomendada é de 500 mililitros por arbusto por 14 dias. A água deve estar morna.

Posteriormente, as mudas endurecidas recebem até 12 litros de ração por metro quadrado de plantio.

O tipo de solo (arenoso, argiloso) também afeta a manutenção do nível de umidade, quantidade de água recebida pelo mato. É importante manter a drenagem do solo. Isso requer afrouxamento, permitindo que a raiz da planta receba umidade e ar. Livre-se das ervas daninhas ao mesmo tempo.

Florescer

O período de floração deve ser acompanhado de rega dosada. Caso contrário, o esgotamento geral da planta, problemas com a frutificação não podem ser evitados. O deslocamento médio por metro quadrado de plantio é de até 25. A quantidade específica varia dependendo do tipo de solo, zona climática, clima. A profundidade média de penetração da umidade no solo é de 25 centímetros.

A cobertura morta entre as fileiras de morangos ajudará a manter o fluido nutriente no solo. Esta etapa ajuda a resolver 2 problemas:

  • evitar o desenvolvimento de ervas daninhas;
  • isole inflorescências, botões e frutos do contato com a umidade (evita o apodrecimento).

Em agosto, no outono, a rega é reduzida gradualmente. Se o tempo for chuvoso, com precipitação regular, então a quantidade de umidade é ajustada proporcionalmente. Mas é impossível abandonar completamente a rega para que a planta continue a se desenvolver. Afinal, é agora que um novo bigode está sendo lançado.

Frutificação

O início da coleta de frutos ocorre em junho, mas neste o desenvolvimento bem-sucedido de eventos pode ser interrompido se não forem utilizados estimulantes de crescimento, rega regulamentada em campo aberto. O segredo para obter com sucesso não uma, mas várias colheitas, é cumprir a regra dos "25 litros de água por metro quadrado".

Mas funciona para climas quentes com baixos níveis de umidade na atmosfera e no solo.

Este último indicador é definido em função do tipo de solo: em misturas com areia - 70%, em substratos argilosos - 80%. A necessidade de umidade das rosetas de flores aumenta durante a formação dos ovários. A criação de um “canal” especial no corredor vai ajudar a conservar a água, evitando que as inflorescências entrem em contacto com a mesma durante a maturação dos bagos.

Depois da colheita

O morango é uma das culturas que não para de regar após a frutificação. Este é o cuidado da baga. Junto com a cobertura de cobertura, permite otimizar os resultados e continuar colhendo no futuro.

Em primeiro lugar, são realizadas a poda, a remoção de fragmentos antigos e a formação das plantas. Em seguida, o fertilizante é aplicado. A rega deve ser pouco frequente, mas regular, para que o solo onde os arbustos crescem não seque. Quanto mais folhas novas aparecerem neste período, melhor para os morangos: elas protegem o arbusto durante o inverno, ajudam a planta a suportar o frio.

Sistemas de gotejamento

Para quem não quer (ou não pode) regar sistematicamente cada arbusto, dosando a quantidade de líquido recebido, existe uma solução alternativa. É sobre tecnologia de irrigação por gotejamento.

O mérito indiscutível do método é o seguinte:

  1. Os morangos recebem a quantidade necessária de umidade.
  2. Uma camada seca de solo não aparece no solo ao redor dos arbustos.
  3. O alagamento não ocorre.

A irrigação por gotejamento, assim chamada porque a água é fornecida à planta em quantidades precisamente calculadas (gota a gota), é recomendada para iniciantes e jardineiros experientes. É fácil fazer tanto a partir de kits prontos quanto de forma independente.

A base do sistema é uma bomba que bombeia água por meio de uma rede de capilares. Outro benefício é o fornecimento de umidade vital para onde ela é necessária (para as raízes). Folhas, inflorescências permanecem secas. O pólen não é lavado, a planta não sofre queimaduras solares. Esta instalação permite gerenciar de forma rápida e eficiente a alimentação de morango, quase sem intervenção humana. Mudas frescas, enterradas no solo e protegidas por um material de cobertura das mudanças de temperatura, serão capazes de receber nutrição adequada e crescerão mais rapidamente se a irrigação por gotejamento for fornecida.

O sistema é simples em design, mas extremamente eficaz. Basta conhecer o princípio de seu trabalho uma vez para criá-lo na trama pessoal. Além disso, os componentes (mangueiras, bomba, adaptadores) são fáceis de comprar na loja ou no mercado.

Sistemas de irrigação por aspersão

Em todos os guias de cultivo de morangos, os jardineiros experientes dão ênfase especial à rega. Este aspecto se estende à oportunidade, volumes de fluidos e área de distribuição. É igualmente importante encontrar um equilíbrio entre "despeje, deixe apodrecer" e "não encha, deixe formar uma crosta hermética".

A tarefa é facilitada pelo uso de sistemas de irrigação. Isso inclui irrigação por gotejamento, estruturas com spray de água sobre a área de análise. Para entender a diferença e as características comuns dessas opções, basta compará-las:

Um tipoSistema de gotejamentoProjeto de sprinkler
Características doSão usados ​​capilares flexíveis com orifícios. A bomba bombeia a água uniformemente para as raízes do morango. A vazão e a cabeça podem ser ajustadas. Alimentação líquida do fundoUma unidade móvel especial é usada para borrifar água. A automação pode fornecer uma quantidade medida de umidade a cada arbusto de morango. Alimentação líquida do topo
BenefíciosNão há necessidade de presença humana. O sistema garante o fornecimento de fluido nutritivo para os arbustos de morango
desvantagensRequer um grande número de mangueiras, roteamento capilar e comunicação de peçasSe o ajuste estiver incorreto, é possível inundar arbustos, bagas, desenvolvimento de podridão

Na verdade, um bico de pulverização é um bico especial que cria um jato de água fino, quase imperceptível. Ao mesmo tempo, o consumo é minimizado, garantindo uma distribuição uniforme do líquido na área de plantio de morango. É mais fácil montar esse sistema com suas próprias mãos do que com outros. No futuro, a automação pode ser adicionada ao design para se livrar da necessidade de se preocupar em regar morangos, obtendo uma colheita estável de frutas vermelhas.

Erros de novato

Ninguém está imune a erros. Mas na maioria das vezes eles acontecem com iniciantes. Isso é natural, pois falta experiência e conhecimento, e às vezes atenção, compreensão da essência dos fenômenos. Erros acontecem ao escolher onde plantar morangos. Este é um local baixo, pantanoso, solo pobre (com baixa permeabilidade), carente dos nutrientes de que a muda precisará para crescer.

Dependendo da gravidade do problema, diferentes métodos de solução são usados: transplante, substituindo a mistura de terra, usando fertilizantes orgânicos (minerais).

O próximo erro é o regime de irrigação errado. Existem 2 opções aqui - excessiva e insuficiente. No primeiro caso, os arbustos vão começar a apodrecer, as bagas vão desaparecer, ficar cinzentas, a colheita vai estragar. No segundo, os morangos vão secar e desenvolver mal. O terceiro erro está relacionado a negligenciar a poda do morango. E completamente em vão. A abundância de bigodes liberados tira os sucos do arbusto, os morangos são privados dos nutrientes, minerais e umidade necessários.

Outro erro é colocar grandes esperanças nos sistemas de irrigação: eles são automáticos, eles cuidarão de tudo sozinhos. Ambos os projetos de gotejamento e spray devem ser ajustados, ajustados dependendo do clima, estação do ano, situação específica. Só neste caso eles irão fornecer aos arbustos de morango um líquido vital, evitando o encharcamento.

E um momento. A água não deve ser fria. É melhor usar um recipiente especial (reservatório) em que o líquido para regar os morangos se aqueça naturalmente.


Assista o vídeo: COMO PLANTAR E COLHER AMORA EM VASOS EM 40 DIAS (Fevereiro 2023).