Conselho

Vantagens e desvantagens das ninhadas bacterianas para chiqueiros, tipos e cuidados com as mesmas

Vantagens e desvantagens das ninhadas bacterianas para chiqueiros, tipos e cuidados com as mesmas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Independentemente do tipo de gado, este requer certas condições para o seu desenvolvimento normal. É necessário muito esforço para os criadores criarem um ambiente de vida favorável, uma vez que é necessário não só garantir um fornecimento constante de comida e água, mas também limpar a sujeira dos animais. A utilização de bactérias para a cama no chiqueiro, que “digere” os resíduos do gado, ajuda a facilitar o trabalho dos agricultores.

Descrição da tecnologia

Lixo com bactérias (fermentação ou profunda) é um piso de palha (também usam aparas ou serragem), no qual são colocados microorganismos especialmente removidos. Este último processa os dejetos dos animais, de forma que o local de residência do gado permaneça sempre limpo. Uma das características das camas de fermentação é que todos os processos ocorrem nas camadas inferiores. Isso permite que a superfície do piso permaneça seca por um período prolongado.

No processo de processamento de resíduos dentro do chiqueiro, a temperatura sobe para +25 graus. Isso permite que os criadores de gado não se preocupem com a necessidade de organizar o aquecimento no período outono-inverno.

A frequência de substituição da bio-cama depende da qualidade desta. Alimentos de alto valor podem ser rerrefinados a cada três anos. As opções de orçamento mudam com mais frequência. Ao mesmo tempo, a eficácia da bio-cama depende diretamente do número de animais vivos: quanto mais gado, melhor funciona o piso.

Vantagens e desvantagens de usar

As vantagens da bio-cama incluem o seguinte:

  • facilidade de uso (a bio-cama é colocada quase da mesma forma que o piso de palha comum);
  • a ausência de roedores, uma vez que a alta temperatura e a limpeza são constantemente mantidas no chiqueiro;
  • o leito de fermentação é adequado para pocilgas contendo 3-5 ou mais animais;
  • a ausência de odores desagradáveis ​​no chiqueiro, pois as bactérias impedem a liberação de amônia para o ar;
  • os animais se desenvolvem melhor, pois estão constantemente aquecidos e limpos;
  • não há necessidade de mudanças frequentes de piso;
  • velhas bio-camas podem ser usadas como fertilizantes.

Conforme observado, a cama de fermentação reduz os custos de mão de obra e simplifica a criação de gado. Mas em comparação com o piso de palha, este produto é significativamente mais caro. Com o tempo, porém, o custo do lixo biológico compensa.

Tipos de cama

As camas de fermentação são divididas em vários tipos, dependendo do tipo de material em que as bactérias se "instalam":

  • Palha;
  • do feno;
  • de troncos de milho secos;
  • de musgo;
  • de grama;
  • da casca de sementes de girassol e trigo sarraceno;
  • de aparas de madeira de uma fração grosseira.

Bio-ninhadas caras são complementadas com substâncias orgânicas, enzimas e aminoácidos. Esses produtos são melhores na reciclagem de resíduos biológicos.

Regras de instalação e operação

O leito de fermentação com biobactérias é colocado em vários estágios:

  1. O chiqueiro é completamente limpo da cama velha e seco. Antes de colocar a bio-cama, recomenda-se caiar e desinfetar o ambiente, expulsando os leitões de lá.
  2. A camada inferior de feno ou palha com 20 centímetros de profundidade é colocada no chão. Bio-litter não funciona sem esta base. Aparas de madeira podem ser usadas como substituto do feno.
  3. As biobactérias estão espalhadas em uma camada uniforme sobre a superfície da palha (feno). O procedimento é permitido desde que a temperatura do ar no chiqueiro não seja inferior a + 5-10 graus (este limite está indicado nas instruções).

As bactérias devem ser dispersas, seguindo estritamente as recomendações das instruções. Após o término do procedimento, a cama deve ser regada com um pouco de água. Graças a esse efeito, as bactérias acordam e começam a agir. Depois disso, a cama é revolvida para que os microrganismos sejam redistribuídos uniformemente pelas camadas.

O farelo, que deve ser espalhado ao mesmo tempo com o pó do frasco, ajuda a acelerar o crescimento das bactérias. Graças a isso, os microrganismos receberão alimentos imediatamente. Para economizar dinheiro, recomenda-se polvilhar bactérias na área onde geralmente fica o estrume.

Os microrganismos começam a "funcionar" com força total alguns dias após a aspersão. Isso se deve ao fato de que a essa altura os leitões já pressionaram a camada superior da palha (feno). No futuro, a cama deve ser agitada periodicamente.

Também é recomendável adicionar uma pequena quantidade de biobactérias. Esta abordagem irá garantir o processamento contínuo de resíduos de suínos.

O Bionastil deve ser trocado após o prazo de validade (indicado na embalagem) ou no momento em que a palha ficar molhada (parar de absorver umidade). A liteira após o vencimento adquire tonalidade escura (preta).

Cuidado com a cama de porco

Cuidar de uma cama contendo bactérias é fácil. Conforme observado, para manter as condições adequadas ao desenvolvimento de microrganismos, basta mexer periodicamente a palha com um forcado. Com isso, a temperatura da camada inferior, onde se acumula o calor, obtido durante o processamento do esterco, diminuirá. Além disso, após a mudança, a umidade acumulada é parcialmente evaporada. Isso evita que a palha embaixo apodreça.

O material residual pode ser usado como nutrição vegetal. Antes de aplicar esse fertilizante no solo, a palha com biobactérias deve ser colocada em uma fossa de compostagem por vários dias e deixada apodrecer ali.

Existe um benefício para a cama de fermentação?

Os benefícios de usar um leito de fermentação são perceptíveis no primeiro ano. Graças a este produto, não é necessária a troca frequente da palha (feno) do chiqueiro, o que é especialmente importante para quem tem mais de cinco animais. O biomaterial tem que ser reposto uma vez por ano (e caro - a cada três anos).

A segunda vantagem do leito de fermentação, à qual os criadores de gado prestam atenção, é que a temperatura do ar no chiqueiro não cai a níveis baixos, mesmo no inverno. Isso reduz o custo de organização do sistema de aquecimento e instalação de materiais adicionais nas paredes e pisos.

O período de recuperação depende do tipo de lixo biológico e do local de uso. Se o material for empilhado em grandes edifícios contendo vários porcos, o custo de aquisição do piso é reembolsado nos primeiros meses. Com o tempo, graças ao aumento da produtividade dos animais, a bio-cama se tornará uma fonte indireta de renda adicional.


Assista o vídeo: Nova baias para os porcos (Fevereiro 2023).