Conselho

Sinais de ácaros da orelha em coelhos e tratamento domiciliar

Sinais de ácaros da orelha em coelhos e tratamento domiciliar



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A psoroptose, ou escabiose psoriática, é uma doença cutânea desagradável em animais. Os ácaros da orelha em coelhos domésticos são causados ​​pelos ácaros Psoroptes cuniculi. Esses parasitas externos geralmente se instalam dentro das aurículas de um animal, afetando os canais auditivos. Os surtos de psoroptose podem ocorrer em qualquer época do ano, mas os coelhos têm maior probabilidade de adoecer no final do inverno ou na primavera. Animais de todas as idades são suscetíveis à infecção, mas as fêmeas com filhos são especialmente vulneráveis.

Formas de infestação de ácaros da orelha e suas fases de desenvolvimento

A doença é mais frequentemente transmitida de um animal doente para um saudável. Escamas cutâneas caem das orelhas de indivíduos doentes. Eles podem entrar diretamente na pele de coelhos saudáveis. Muitas vezes, os carrapatos caem na cama, utensílios domésticos e, em seguida, movem-se para os habitantes da gaiola. Em alguns casos, a própria pessoa transfere o patógeno de animal para animal. Uma mãe doente infecta coelhos.

Os fatores de risco são:

  • conteúdo lotado;
  • alta umidade na sala;
  • reagrupamento frequente de animais;
  • não cumprimento das normas de quarentena;
  • má alimentação.

O desenvolvimento do carrapato começa depois que a fêmea fertilizada pôs os ovos. Para evitar que rolem, ela os cola com um segredo especial.

O desenvolvimento adicional do ácaro da orelha de coelho inclui as seguintes fases:

  1. Larva. Sai do ovo após 4 dias. Alimenta-se das secreções da orelha do animal durante 5 dias. Então a muda começa.
  2. Protonímia, ou ninfa da primeira era. A etapa dura cerca de 5 dias.
  3. Daytonymph. Nesse estágio, os órgãos genitais são formados. Duração - 5 dias.
  4. Imago, ou carrapato adulto. Nesse estágio, as fêmeas fertilizadas colocam seus ovos enquanto os machos continuam a fertilizar.

A vida útil dos agentes causadores da sarna da orelha a uma temperatura de + 35 graus e alta umidade não excede 60 dias.

Opinião de um 'expert

Zarechny Maxim Valerievich

Engenheiro agrônomo com 12 anos de experiência. Nosso melhor especialista em chalés de verão.

Importante! O ciclo de vida dos machos é de 14 dias, das fêmeas - 16. Portanto, os machos são capazes de fertilizar as fêmeas já na fase de ninfa.

Sinais e sintomas de um parasita

O estágio inicial da doença pode prosseguir sem sintomas visíveis. Esse período dura de uma semana e meia a um mês. Os primeiros sinais podem ser identificados com um exame regular das orelhas do animal. O aparecimento de focos individuais visíveis de vermelhidão da pele, um aumento da secreção no ouvido é motivo de preocupação. O diagnóstico pode ser confirmado por exames de raspagem de pele.

Sem complicações

Se a doença nos ouvidos progredir sem complicações, então você pode adivinhar sua aparência pela parte interna do ouvido. Ela sempre parece suja e pegajosa.

Sob a floração, áreas avermelhadas individuais e nódulos com fluido podem ser distinguidos. Se as medidas não forem tomadas nesta fase, a doença pode ser complicada por vários sintomas desagradáveis.

Com complicações

Se a sarna da orelha continuar com complicações, os seguintes sintomas aparecerão:

  • o animal se preocupa e quase sem parar coça as orelhas, balança a cabeça, esfrega nas paredes da gaiola;
  • as orelhas internas e externas são cobertas por crostas marrons, as áreas afetadas são visíveis no pescoço, costas, patas;
  • perde o apetite, às vezes não come nada;
  • há secreção nos olhos e nariz.

Freqüentemente, ocorrem complicações perigosas, como deixar filhotes em coelhos amamentados e o desenvolvimento de tumores.

Em um estágio avançado, vários patógenos podem ser detectados em partículas da epiderme usando uma lupa ou microscópio.

Regras de tratamento

O tratamento correto começa com um diagnóstico. Para isso, todos os animais suspeitos devem ser examinados por um veterinário. Ele também levará raspas para pesquisas de laboratório. Se o diagnóstico for confirmado, o especialista selecionará medicamentos para animais doentes. O autotratamento só pode ser iniciado se for impossível procurar ajuda veterinária.

Uso de drogas

Você pode tratar eficazmente um ácaro da orelha com a ajuda de medicamentos. Um especialista ou proprietário do animal seleciona agentes externos com o objetivo de destruir os patógenos da sarna.

Eficaz contra isso:

  1. "Acaromectina" é um spray baseado em ivermectina. Causa paralisia e morte de carrapatos. Muito popular entre os criadores de coelhos amadores.
  2. Pomada aversesectil - um produto à base de aversectina-s, uma pomada foi desenvolvida especificamente para coelhos.
  3. "Neostomazan" é um medicamento eficaz contra muitos tipos de carrapatos.
  4. "Butox" - é produzido na forma de um concentrado de amplo espectro. É utilizado para pulverizar animais após diluição de 50 ml em um litro de água. Difere em alta toxicidade.

Todos os medicamentos exigem o cumprimento das instruções de uso e regras de segurança.

Remédios populares e receitas

Em casa, além dos medicamentos, pode-se usar remédios populares. Se não for possível comprar um medicamento pronto para os ácaros da orelha, pode-se combinar querosene com óleo vegetal em quantidades iguais e lubrificar as áreas afetadas com essa composição em dias alternados.

Uma mistura de uma solução alcoólica de iodo com óleo ou glicerina tem um efeito semelhante. Ajuda a instilar óleo de cânfora nos ouvidos com uma seringa sem agulha.

Medidas de prevenção

É mais fácil prevenir a doença do que gastar dinheiro e esforços no seu tratamento. As principais medidas preventivas são manter boas condições sanitárias na fazenda. É aconselhável desinfetar as gaiolas e recintos onde os animais são mantidos pelo menos uma vez por temporada em regiões desfavoráveis ​​à doença. Se não houver casos de doenças, a frequência dos tratamentos pode ser reduzida para um a cada seis meses. O procedimento também é realizado antes da rodada. Para isso, as gaiolas de metal devem ser queimadas com um maçarico.

Caiar estruturas de madeira com cal apagada com adição de "Brancura" ou amônia. Alimentadores, raspadores e outros equipamentos também são lavados com solução de alvejante. Animais recém-adquiridos devem ser submetidos à quarentena obrigatória. Caso apareça um recém-chegado na fazenda, para fins preventivos, ele deve ser mantido separadamente por 14 dias.


Assista o vídeo: LIVRE SEU COELHO DAS VERMES COM 3 MÉTODOS (Agosto 2022).