Conselho

O que fazer se galinhas bicarem sangue umas nas outras, causas e tratamento do canibalismo

O que fazer se galinhas bicarem sangue umas nas outras, causas e tratamento do canibalismo


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os avicultores frequentemente enfrentam vários problemas associados ao comportamento das aves. Muitas vezes acontece que eles começam a se comportar de forma agressiva, arrancando penas e até mesmo arranjando canibalismo entre pássaros. Existem muitas razões para este comportamento, por isso é importante saber o que fazer se as galinhas bicarem umas nas outras até sangrarem.

Por que as galinhas se bicam

Os motivos para o comportamento inadequado e agressivo das aves estão diretamente relacionados às condições de alojamento, dieta alimentar e problemas no relacionamento das aves.

Iluminação da sala

Uma luz muito forte na casa pode causar nervosismo e aumentar a agressividade nas galinhas. Como podem notar facilmente o sangue, os pássaros começam a bicar exatamente nesses lugares..

Aglomeração

As galinhas podem se tornar mais agressivas se não houver espaço suficiente para elas. Isso é especialmente verdadeiro para as aves que ficam constantemente em ambientes fechados, sem as devidas condições de conforto. A bicada também começa devido à competição e competição por comida.

Rochas incompatíveis

Agricultores experientes observam que o canibalismo é mais comum em galinhas poedeiras do que em raças de corte. Portanto, é impossível mantê-los no mesmo aviário, caso contrário, a inimizade começará. Não é necessário adicionar novos frangos um a um - as fêmeas podem bicar imediatamente o “novo”.

Ar seco

Os pássaros costumam bicar seus parentes devido ao ar excessivamente seco dentro de casa. Devido à secura e poeira, parasitas aparecem no corpo das galinhas, o que causa irritabilidade e nervosismo.

Mudanças abruptas no meio ambiente

Mudanças regulares de ambiente causam estresse e agressividade nas aves. Além disso, na época do frio, há necessidade do crescimento da plumagem. Devido à falta de vitaminas e elementos, os pássaros podem começar a bicar uns aos outros.

Comida

Freqüentemente, os pássaros bicam seus parentes devido à má nutrição, bem como à falta de bebedouros e comedouros. Com um conteúdo insuficiente de oligoelementos nos alimentos, indivíduos fortes podem matar representantes mais fracos.

Microclima no galinheiro

É importante garantir que a casa esteja em equilíbrio entre a temperatura e outros parâmetros. Devido à secura, a pena torna-se quebradiça, ocorre irritação das membranas mucosas e o nervosismo é observado nas galinhas. Também é necessário excluir rascunhos.

Ectoparasitas

O canibalismo pode ser causado por infecção por ectoparasitas: carrapatos, pulgas e piolhos. Para se livrar deles, as galinhas começam a bicar a área inflamada da cloaca, arrancar penas e danificar a membrana mucosa sob a cauda.

Sinais do início do canibalismo

Um sinal visível de que está ocorrendo picadas de penas não são apenas as manchas carecas nos pássaros, mas também as penas espalhadas pelo galinheiro. Os pássaros adultos começam a bicar a crista e os amentilhos de seus parentes. Com má nutrição e condições de manutenção baixas, os pássaros atacam suas caudas, arrancam as penas.

Na falta de proteínas, observam-se bicadas na pele, nas mucosas, nos tecidos do corpo e nos dedos dos pés. Galinhas feridas perdem peso, ficam doentes e fracas e perdem a capacidade de chocar ovos.

Maneiras de resolver o canibalismo de frango

Para evitar o aparecimento de bicadas generalizadas e sérios problemas de comportamento nas aves, é necessário monitorar a dieta das galinhas e suas condições. Conforto e dieta adequada não só eliminam as mordidas, mas também melhoram a produção de ovos:

  1. Para começar, elimine galinhas doentes e feridas, pois o sangue atrairá outras aves.
  2. Faça ajustes dietéticos - é importante enriquecer os alimentos com cálcio, vitaminas e minerais. É útil dar farinha de ossos e sal de cozinha.
  3. Crie condições confortáveis ​​no aviário - mantenha a limpeza, ajuste a iluminação, elimine correntes de ar, estabeleça ventilação para umidade ideal no ambiente.
  4. Para se livrar dos parasitas, é recomendável despejar cinzas com areia cinza e areia do rio nas galinhas.
  5. Expanda o galinheiro e dê espaço livre para as galinhas.

Representantes muito agressivos devem ser cercados ou esfaqueados até a morte, uma vez que não funcionará para desmama-los.

Tratamento de pessoas doentes

Assim que forem identificados os primeiros sinais de bicadas, as galinhas poedeiras danificadas deverão ser transplantadas imediatamente e receber a assistência necessária.

Primeiros socorros

A principal e primeira ação em tal situação é a retirada da ave ferida do bando e o isolamento até a recuperação completa. Deve-se ter atenção até mesmo para as galinhas com ferimentos leves, pois os outros indivíduos se tornam mais agressivos. Para evitar infecções, é recomendável colocar o frango em uma gaiola separada.

Tratamento de feridas

Em seguida, você precisará do tratamento imediato das feridas com soluções anti-sépticas. Para lesões locais, esses remédios são adequados: penicilina, ictiol ou pomada de sintomicina, tintura de iodo com glicerina, peróxido, verde brilhante. Os desinfetantes podem ajudar a prevenir infecções de feridas e possíveis complicações.

Cuidado de pássaros

Outras medidas incluem tratamento anti-séptico regular, troca de curativos (se aplicável) e monitoramento da condição da ave afetada. Se o frango estiver com falta de apetite, a infecção não está excluída. Nesse caso, você precisará da ajuda de um veterinário e da indicação de medicamentos para a ave.

Como evitar bicadas?

Para evitar morder, você precisará agir antes que os primeiros sinais apareçam. Caso contrário, o comportamento agressivo e os ataques às galinhas podem se tornar um hábito e, então, será extremamente difícil consertar o problema.

Depuração

Este método é uma das formas de evitar bicadas em animais jovens. Via de regra, esse procedimento é realizado em grandes granjas avícolas, por meio de um dispositivo especial. Os jovens cortam os bicos com um terço do comprimento.

As galinhas podem ser despeliculadas em qualquer idade, começando pela diária. No entanto, a opção mais ideal é realizar a operação na sexta ou sétima semana. Este procedimento deve ser realizado exclusivamente por especialistas que conheçam todas as nuances do descascamento: o comprimento a ser encurtado, bem como o momento da operação.

Se você fizer isso em casa, o risco de sangramento ou dano ósseo aumenta, o que pode causar infecções.

Seleção genética

Existem raças que são difíceis de cultivar e reproduzir, pois os animais jovens apresentam uma baixa taxa de sobrevivência. Esses indivíduos aumentaram a agressividade desde tenra idade. Se não cortarem o bico, podem matar seus congêneres. Graças ao trabalho de criação, é possível criar raças mais calmas. Se tais galinhas estiverem presentes no gado, elas devem ser autorizadas a comer carne.

Nutrição apropriada

A dieta das galinhas deve ser variada. Além de alimentos compostos, eles precisarão de suplementos vitamínicos, bem como grama e vegetais frescos. Esses alimentos contêm minerais e substâncias essenciais para o crescimento e o desenvolvimento. São permitidos os seguintes vegetais: abobrinha, abóbora, beterraba e cenoura. Também é recomendável pendurar uma vassoura de urtiga, repolho ou grama no galinheiro.

Modo claro

Camadas adultas requerem áreas sombreadas separadas no galinheiro e a luz solar direta deve ser evitada. Apenas os pintinhos precisarão de luz solar nos primeiros dias de vida. A iluminação também é recomendada na casa.

Em períodos de frio, as galinhas precisarão estender o horário do dia - para isso, elas acendem a luz por algumas horas à noite. Porém, neste caso, a iluminação não deve ser muito forte - uma lâmpada de 60 watts é adequada, que pode ser pré-pintada com tinta..

Usando abrasivos de bico

Para evitar bicadas em pássaros, dispositivos especiais são usados. Uma vez que são polvilhados com areia de quartzo, os pássaros raspam o bico e as garras sobre eles, como uma lixa. Esses materiais abrasivos são frequentemente adicionados à alimentação. Assim, as galinhas aos poucos moem seus bicos e ficam praticamente seguras para o resto.

Gama de aves ao ar livre

Em um período quente, é recomendado manter as aves no espaço livre durante todo o dia. Os pintinhos caipiras crescem e se desenvolvem rapidamente e as galinhas ficam menos inquietas. Além disso, graças ao movimento livre, os pássaros encontram pasto que contém vitaminas e outras substâncias. Em uma grande área, eles raramente entram em contato uns com os outros.


Assista o vídeo: Botulismo o que fazer. Galinha caipira (Fevereiro 2023).