Conselho

Causas de doenças e pragas de nozes, tratamento e controle delas

Causas de doenças e pragas de nozes, tratamento e controle delas



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Uma das culturas mais populares que rende uma noz valiosa é difícil de cultivar. Além das condições favoráveis, as nozes precisam de cuidados cuidadosos no cumprimento das regras da tecnologia agrícola. Em caso de desvios às regras, você terá que enfrentar doenças de nozes, infestação de pragas. Nesse caso, você pode perder a colheita, assim como a única árvore.

Causas de doenças e pragas

Muitos fatores causam doenças na cultura da castanha. É possível determinar o que está acontecendo com a árvore pelo estado da casca, folhas, frutos. Quando as folhas de uma noz ficam pretas, isso significa que uma infecção grave atingiu a planta. Devemos lidar com isso imediatamente. Os microrganismos patogênicos retêm sua atividade por muito tempo, aguardando condições adequadas para a reprodução.


Eles atacam as plantas que são plantadas na área onde:
  • pequena luz;
  • solo pantanoso devido à ocorrência próxima de água subterrânea;
  • a acidez do solo é alta;
  • os solos são pobres em nutrientes.

A noz, que é enfraquecida pelo frio do inverno, geadas da primavera, é atacada por fungos, bactérias e também por parasitas de insetos. Esses espécimes de uma noz não dão frutos, estão constantemente doentes.

O que pode pegar uma noz

As doenças infecciosas estão à espreita das plantas a cada passo. Se houver árvores no jardim com tecidos danificados por bactérias patogênicas, fungos, os vizinhos também serão infectados por eles. Você pode determinar o tipo de doença por certos sinais. Então, uma luta sistemática deve ocorrer levando em consideração as especificidades da infecção, as características de seu curso.

Bacteriose

Na primavera, quando está quente e úmido, é necessário examinar cuidadosamente as nogueiras. Os insetos despertados podem transferir pólen com bactérias patogênicas de uma planta para outra. A bacteriose se manifesta por manchas escuras nas folhas, frutos, brotos, flores. O período de polinização das nozes é especialmente perigoso devido ao aumento da probabilidade de infecção pelo pólen.

O resultado da ação das bactérias será uma perda de produção, pois as flores e os ovários morrerão. Mas mesmo o feto jovem está exposto a patógenos. Em seguida, ele murcha e cai. E todas as partes da planta ficam marrons.

Queimadura bacteriana

O rápido desenvolvimento de uma doença infecciosa leva à morte da árvore. É assustador olhar para uma planta doente. Parece que a coroa, o tronco - tudo está queimado. O preto torna-se dominante nas folhas. Os rebentos jovens param de se desenvolver e secam. Os rins morrem. O interior da fruta fica preto. Úlceras em toda a parte aérea da noz espalham-se mais rapidamente durante os períodos de chuva. É muito difícil salvar a planta se a doença já assumiu formas avançadas.

Mancha marrom (marsoníase)

O fungo Marsonium causa manchas nas folhas, frutos da cultura. Primeiro, em maio, o amarelecimento começa a aparecer nas folhas novas. Pequenos pontos crescem, tornam-se marrons. Quando eles se fundem, a folha cai. Os ovários também são cobertos por pontos marrom-avermelhados. As nozes não podem ser consumidas internamente, pois o miolo se deteriora e seca. Metade da colheita do jardim é afetada pelos efeitos da infecção.

Câncer de raiz

Bactérias em forma de bastão sobrevivem ao inverno no solo para começar a se multiplicar na primavera. Através da penetração de bactérias nas raízes de uma noz, a planta infecciona. E as portas da infecção são rachaduras, feridas na superfície do sistema radicular. Sob a ação de bactérias nos tecidos da parte subterrânea da castanha, formam-se crescimentos e flacidez.

Você pode notar a patologia pelo atraso no crescimento da noz. O câncer é diagnosticado ao desenterrar uma árvore e examinar suas raízes. Somente medidas médicas oportunas salvarão a árvore da morte.

Insetos pragas de nozes

Uma noz enfraquecida costuma ser o foco de pragas de jardim. Os insetos tentam colocar ovos nas folhas, cascas, frutas. É difícil perceber alguns dos parasitas, então você precisa saber como os resultados de suas vidas se refletem na cultura.

Borboleta branca americana

Uma praga perigosa da plantação de avelãs é uma borboleta comum com asas brancas, às vezes decorada com pontos escuros. Ao botar ovos nas folhas e nos brotos, a fêmea causa grandes danos à árvore. A ganância das lagartas que nasceram é grande. Eles podem destruir toda a folhagem e crescimento jovem. Passadas para os vizinhos, as larvas do parasita continuam a sua atividade. Durante o verão, a fêmea faz 3 ninhadas de ovos, então o número de lagartas só aumenta.

Alburno

Espécimes enfraquecidos da cultura da castanha são atacados por um inseto preto, cujo tamanho varia de 3-4 milímetros. Possui uma cabeça preta e um éltra marrom. Os besouros voam intensamente em junho. É difícil ver as larvas do besouro, pois se escondem sob a casca.

Se a madeira estiver danificada, as larvas do alburno entram. Lá eles, roendo passagens de 6 centímetros de comprimento, se movem para os rins. Eles se alimentam deles. Daí a diminuição do rendimento da noz, o escoamento da goma. Para as plantas jovens, o alburno é perigoso porque danifica seus troncos.

Ácaro da verruga nozes

Doenças fúngicas das plantas causam o aparecimento do ácaro da bílis. Os ataques de pragas aumentam durante os verões chuvosos. Um inseto pode ser detectado pelo fato de:

  • inchaço aparece na folha;
  • o crescimento jovem para de se desenvolver;
  • ramos, folhas começam a secar;
  • uma teia fina é visível na parte inferior da lâmina foliar.

Reproduzindo-se, o ácaro destrói o plantio da noz. Há menos frutas e as árvores estão enfraquecendo.

Mariposa nogueira

O perigo para as mudas de nogueira é uma pequena borboleta com asas marrom-acinzentadas. As larvas que emergem dos ovos da mariposa comem os delicados caules da planta. Se as lagartas parasitam em árvores adultas, elas destroem as folhas verdes, alimentando-se do centro suculento. Portanto, a folha fica amarela, seca e cai.

Mariposa

Uma pequena mariposa danifica o jardim na fase de lagarta. No início, a larva é cinza-escuro, depois branco-rosado. A lagarta se alimenta de frutos de nozes jovens. Depois de morder a pele, ele sobe para dentro, comendo a carne. Um ponto na superfície da noz indica uma infestação de mariposas. No inverno, as lagartas em casulos brancos densos se escondem sob pedaços de solo, em rachaduras na casca. Na primavera, eles se transformam em pupas. Em junho, uma borboleta voa para fora da pupa.

Métodos de controle de doenças e pragas

Na primavera começa a reprodução de esporos de fungos patogênicos, portanto, é necessário tratar a noz antes que as folhas floresçam. O principal remédio será o bordalês líquido ou preparações com alto teor de cobre.

O segundo tratamento deve ser realizado se as manchas nas folhas aumentarem de tamanho. A coroa é pulverizada mais duas vezes a cada 2 semanas.

É útil processar árvores antes que as inflorescências apareçam. Após a colheita, você pode pulverizar com preparações como "Tsineb" ou "Hom".

As técnicas de controle de doenças incluem:

  • poda de rebentos danificados, folhas;
  • destruição dos frutos, se tiverem adquirido a cor castanha e murcha;
  • realizar atividades até a cura total da planta;
  • queima de todos os resíduos vegetais no outono;
  • cavar solo no jardim na primavera e no outono.

Para se proteger contra pragas, tanto preparações inseticidas quanto armadilhas são usadas. O número de mariposas no jardim é determinado pelo número de indivíduos que caem nas armadilhas. São usados ​​tipos de feromônios de armadilhas e armadilhas para alimentos.

Como isca, o suco doce de frutas, bagas, ligeiramente fermentadas, é adequado. Preso nas copas das árvores. Se há muitas borboletas, então é necessário tratar as árvores com pesticidas. Os venenos são usados ​​antes do aparecimento das lagartas. Então será mais difícil lidar com a praga, sua prole.

Antes do inverno, eles examinam cuidadosamente a casca das árvores, cobrindo danos e rachaduras com grama do jardim. É necessário destruir as pupas e lagartas que se escondem sob a casca. A casca das nogueiras é limpa onde os besouros do alburno colocaram suas passagens. É imperativo remover musgos e líquenes dos troncos da noz.

A proteção contra pragas consiste não apenas em produtos químicos, mas também em agentes biológicos. Os inseticidas à base de avermectina são mais seguros. É permitido o uso de agentes do grupo tiacloprida, clorantranilipróis.

Se você molhar bem os galhos com preparações inseticidas durante o tratamento, o número de pragas diminuirá.

Ações preventivas

É possível prevenir doenças e pragas em nozes com um complexo de medidas agrotécnicas e biológicas:

  1. O desbaste anual da copa e a remoção de galhos doentes e danificados aumentam a iluminação da árvore.
  2. Várias vezes durante a estação de crescimento, eles soltam o solo nos corredores, removendo ervas daninhas.
  3. Inspecionar a noz em busca de ninhos de lagarta e besouro interromperá sua reprodução.
  4. A alimentação oportuna o ajudará a cultivar plantas saudáveis.
  5. Como profilaxia, a pulverização com o líquido Bordeaux é usada três vezes, começando no início da primavera.
  6. Para que uma árvore frutifique bem, é necessário tratá-la a tempo de infecções fúngicas e bacterianas.

Não espere até que a folhagem da nogueira comece a amarelar, é preciso regar e alimentar a planta na hora certa. Certifique-se de que não haja danos à casca, rebentos da colheita de nozes.


Assista o vídeo: 576 PODA RADICAL NA GOIABEIRA EM ITARIRI SP SP 1142a (Agosto 2022).