Conselho

Como cuidar de um cavalo em casa para iniciantes

Como cuidar de um cavalo em casa para iniciantes


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Muitas pessoas estão interessadas em como cuidar de um cavalo. Para que o animal cresça e se desenvolva, ele deve fornecer as condições ideais. Ao mesmo tempo, é necessário observar as regras de higiene, optar por uma alimentação balanceada e se engajar na prevenção de doenças. A comunicação e o treinamento do animal não são de pouca importância. Somente uma abordagem integrada ajudará a alcançar o sucesso em manter um animal de estimação.

O que você precisa saber antes de comprar um cavalo

Os iniciantes são aconselhados a consultar um veterinário antes de comprar um animal de estimação. Nesse caso, o médico deve informar definitivamente o propósito da compra do animal. Você terá que examinar cuidadosamente o animal de estimação na baia, perguntar ao vendedor sobre doenças ou problemas de saúde. Ao comprar, você precisa fazer as perguntas certas. Há muitas coisas a serem consideradas para garantir o cuidado adequado do cavalo.

É imprescindível indagar sobre o motivo da venda, a intensidade do treinamento, a disponibilidade de vacinas. Maus hábitos, facilidade de corte, limpeza e outros procedimentos de cuidado não são de pouca importância.

Custos de manutenção planejada

Manter um cavalo tem um custo substancial. Criadores de cavalos novatos devem se familiarizar com os custos de alimentação:

  1. Aveia - 90 quilos do produto custará 500 rublos.
  2. Bran - uma bolsa pode ser comprada por 400 rublos.
  3. Feno - 350 quilos do produto custa 350 rublos.
  4. Alimentação com vitaminas - custará cerca de 1.500 rublos.
  5. Palha - custará cerca de 3.000 rublos.

De acordo com estimativas aproximadas, manter 1 cavalo em um estábulo custará de 10 a 11 mil rublos. Este valor não inclui serviços de veterinário, medicamentos, vacinas.

Regras básicas para manter animais

Para que o animal se desenvolva normalmente e não adoeça, vale a pena estudar as instruções para mantê-lo em casa particular.

Requisito para as instalações e manutenção do estábulo

Como regra, é recomendável manter os cavalos dentro de casa no inverno e ao ar livre no verão. Para isso, um celeiro e estábulos são usados. O celeiro é um ambiente quente e seco adequado para 1-2 animais. É bem possível construí-lo no país. Os estábulos são necessários para manter um grande número de animais.

Nos estábulos, fazem questão de fazer uma baia, que se destina à limpeza, alimentação e descanso da mascote. Além disso, cabines podem ser fornecidas na sala. São compartimentos para residência permanente de cavalos. Para raças de corrida, o tamanho mínimo deve ser 3,6 x 3,6 metros. Éguas com potros requerem mais compartimentos livres.

As paredes das baias devem ser feitas de materiais duráveis. Sua altura deve ser de até 1,5 metros. Isso permite que os animais se vejam. Além disso, esta opção para organizar a sala fornecerá ventilação total e um nível suficiente de iluminação. As portas devem ser deslizantes ou giratórias. Sua largura deve ser de 1,2 metros. Definitivamente, você deve usar travas. As passarelas estáveis ​​devem ter pelo menos 3 metros de largura.

Os pisos são recomendados para serem de concreto. Eles também podem ser feitos de pedras de pavimentação ou pedra. Na ausência de ralos, vale a pena cuidar bem do animal. Isso ajudará a evitar o cheiro de amônia. Um piso duro é mais fácil de desinfetar, mas tem um efeito negativo nos pés. Para evitar o aumento de cargas, tapetes de borracha são colocados sob a cama. Recomenda-se que a cama seja de palha, pellets de madeira ou aparas de coníferas, isenta de pó e mofo.

Os tetos devem ser de pelo menos 2,5 metros. Isso permitirá que os animais levantem a cabeça normalmente. Proteja os fios de roedores. Para a luz do dia, é importante fornecer janelas. Eles também fornecem ventilação natural.

Escolhendo a melhor opção para manter um cavalo

Existem várias maneiras de manter os cavalos em casa. Nesse caso, vale a pena considerar as peculiaridades do clima, da alimentação e outras opções. Os sistemas mais populares incluem o seguinte:

  1. Tabunnaya - também era usado por nômades. O método é considerado o mais natural, pois fica próximo ao ambiente natural. O método é considerado barato e ecologicamente correto. Para alimentação, vale a pena fazer galpões.
  2. Estábulos - neste caso, os cavalos vivem em quartos especiais. De vez em quando são liberados para caminhadas, em áreas cercadas.
  3. Rebanho e pasto - adequado para regiões de climas frios. No verão, os cavalos devem ser mantidos para passear e, no inverno, devem ser transferidos para o estábulo.

Alimentando

Para que os cavalos se desenvolvam normalmente e não adoeçam, eles devem fornecer uma dieta correta e balanceada.

Dieta básica

O alimento principal do cavalo é a grama. Em boas pastagens, os animais podem obter tudo o que precisam. A deterioração das condições climáticas ou características do solo afeta negativamente as propriedades da grama. Portanto, vale a pena introduzir outros alimentos na dieta do cavalo.

Recomenda-se dar feno ao animal. Consome, em média, 15 quilos desse produto por dia. É importante usar feno verde rico e de alta qualidade. Deve estar livre de poeira ou mofo, pois pode causar doenças pulmonares.

Suplementos recomendados

A dieta do cavalo pode conter aveia ou milho. Também é permitido dar-lhe misturas concentradas. Eles incluem cereais, farelo, componentes minerais. Recomenda-se a introdução desse alimento na dieta de animais de trabalho ou debilitados. Os cavalos precisam de sal. Este produto é vendido na forma de blocos de cores diferentes. Os brancos incluem o sal de mesa, os marrons - componentes minerais, os azuis - sais de iodo e cobalto.

Regime de bebida

Recomenda-se que o cavalo seja regado 2 vezes ao dia. A necessidade de água depende da saúde, tamanho, carga e ração usada. Também é influenciado pelo fator sazonal. A desidratação é muito perigosa para o animal e pode até ser fatal. Para dar água ao cavalo, você deve usar água doce. É melhor usar um líquido corrente. Água suja pode causar infecção por vírus ou microorganismos bacterianos.

Na rua, recomenda-se o abastecimento de água em bebedouros ou instalação de bebedouros automáticos. Os recipientes definitivamente devem ser limpos e enxaguados. Se o animal bebe de uma fonte natural, é importante ter confiança na qualidade da água. Bebedores automáticos são instalados no estábulo. Também é permitido usar baldes. Não dê água ao cavalo imediatamente após o trabalho ou treinamento - é recomendado esperar 1 hora após o esforço.

Limpeza de estrume

Recomenda-se remover o estrume todos os dias. Se isso não for feito, os animais ficarão sujos rapidamente. A presença de esterco no estábulo aumenta o risco de patologias e causa desconforto nos cavalos. Você pode remover o estrume com um forcado, escova, pá, maca. Antes da limpeza, os animais devem ser retirados da sala.

Cuidado e higiene

O cuidado adequado do cavalo inclui o cumprimento estrito das regras de higiene. Portanto, recomenda-se limpar e dar banho sistematicamente ao animal.

Limpeza diária

Recomenda-se limpar os cavalos ao ar livre. Nesse caso, o animal deve ser amarrado. Recomenda-se escovar o cavalo pela esquerda e por cima. Primeiro, vale a pena tratar a cabeça. É melhor limpar os pés no final. Depois de terminar o trabalho com raspadores e escovas, o cavalo deve ser limpo com um pano.

Corte de cabelo e cuidado da crina e cauda

Conforme a juba fica suja, procedimentos de água são realizados. Para isso vale a pena usar shampoos especiais. Também é necessário o uso de condicionadores. Após a lavagem, recomenda-se pentear a crina e deixar secar.

Nós limpamos os cascos

Depois do trabalho e do treinamento, vale a pena examinar os cascos. Após o esforço, recomenda-se que as pernas do animal sejam regadas com água fria e tratadas com compostos que contenham gordura. Limpar os cascos do solo e do estrume também é importante. Deve ser feito o crochê com o maior cuidado possível. Se necessário, o cavalo deve ser calçado. Este procedimento deve ser realizado por um especialista.

Como cuidar dos dentes

Um especialista deve verificar o estado dos dentes. Recomenda-se chamá-lo com intervalo de seis meses. A presença de problemas pode ser suspeitada pelos seguintes sinais:

  • a comida não fica presa na boca;
  • o animal morde a mordida;
  • o cavalo mastiga lentamente a comida;
  • forçando suas costas.

Tomando banho

Recomenda-se dar banho no animal no verão, com água morna. Se você tem medo de água, é recomendável lavar o cavalo com uma mangueira. Primeiro, você deve usar uma cabeça baixa, depois torná-la mais forte. Primeiro, lave o cavalo, depois escove e polvilhe com água morna para tirar a espuma. Por fim, seque o animal com uma toalha felpuda.

Comunicação e treinamento

Para fazer amizade com um cavalo, você deve tratá-lo com o máximo de respeito possível. É proibido levantar a voz, gritar ou bater nela. Os animais são considerados muito tímidos. Portanto, ao entrar no estábulo, vale a pena conversar com eles.

Ao mesmo tempo, é proibido fazer o seguinte:

  • contorne o cavalo por trás;
  • vá para a direita;
  • leve a mão aos dentes;
  • tentando rastejar sob a barriga;
  • solte as rédeas ao retirar o animal do estábulo.

Pastando e caminhando

As regras de caminhada dependem do propósito de manter o animal. Se o animal for mantido para trabalhos agrícolas, recomenda-se passear com ele com mais frequência. Ao mesmo tempo, o treinamento pesado para o animal de estimação é proibido.

Ao passear com um animal, é recomendado seguir estas regras:

  1. Deixe se acostumar com a temperatura. Caso contrário, o cavalo pode pegar um resfriado.
  2. Para evitar atrofia muscular, vale a pena passear com o cavalo pelo menos 3 vezes por semana.
  3. A duração da caminhada deve ser de no mínimo 2 horas.
  4. Em seguida, recomenda-se limpar o animal, verificar os cascos e examinar as patas.

Recomenda-se pastar o cavalo num pasto com muita erva suculenta. Ao mesmo tempo, não deve haver arbustos duros ou ervas daninhas.

Observação por um veterinário: vacinações e tratamentos veterinários

Na ausência de cuidados adequados, existe o risco de desenvolver várias patologias - infecciosas, dermatológicas, parasitárias. Os cavalos sofrem de mormo, antraz, tuberculose. Também existe o risco de tétano, raiva, leptospirose. Essas são as patologias mais perigosas que podem causar a morte.

Para evitar problemas, os animais de estimação devem ser vacinados. Duas vezes por ano você terá que lidar com a prevenção da helmintíase.

Características dos cavalos que mantêm o inverno

Na estação fria, cuidar dos animais tem certas características. No inverno, é especialmente importante monitorar a saúde dos animais de estimação. Rascunhos, umidade e água fria enfraquecem o sistema imunológico. Se o cavalo for um cavalo de trenó, recomenda-se cavalgá-lo pelo menos 4-6 horas por semana. Graças a isso, ela não perderá o hábito dos esforços físicos. É permitido pedalar no campo, sob um velame. Ao mesmo tempo, é proibido caminhar sobre gelo ou áreas congeladas. Se o cavalo escorregar, isso provocará consequências perigosas.

Alimentos e água devem estar em temperatura ambiente. Não é recomendado alimentar o animal com comida muito fria ou gelada. O freio e outros dispositivos devem ser aquecidos. Em climas gelados, é recomendável usar um cobertor do lado de fora.

A preparação de cavalos tem várias características. Para que o animal se desenvolva normalmente e não adoeça, é necessário proporcionar condições adequadas no estábulo e optar por uma alimentação balanceada. Definitivamente, é recomendável caminhar e pastar o animal. A vacinação oportuna não é de pouca importância, o que ajudará a evitar o desenvolvimento de patologias perigosas.


Assista o vídeo: Como montar a cavalo? PARA INICIANTES!! (Outubro 2022).