Conselho

Sintomas de edema do úbere em uma vaca após o parto e tratamento em casa

Sintomas de edema do úbere em uma vaca após o parto e tratamento em casa


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O úbere nas vacas é um dos órgãos mais sensíveis e importantes, cujo estado pode indicar a saúde ou problemas de saúde do animal. O inchaço do úbere de uma vaca após o parto ou antes de ser denominado inchaço da glândula mamária, que é perigoso com o aparecimento de mastite, deterioração da qualidade do leite e diminuição da produção de leite. Se você tiver sintomas característicos, deve procurar atendimento médico.

Causas de ocorrência

As principais razões para o desenvolvimento da doença são as seguintes:

  1. Lesão no úbere.
  2. Patologia dos rins, músculo cardíaco, vasos sanguíneos (se o úbere estiver inchado muito antes do parto).
  3. Falta de atividade física.
  4. Dieta inadequadamente formulada (falta de fibras grossas, excesso de proteína e ração suculenta, bem como excesso de magnésio, potássio e sais nos alimentos).
  5. Micotoxicose (doenças fúngicas).
  6. Desordens hormonais.
  7. Edema seroso do úbere. Ela se desenvolve no contexto de uma violação da linfa ou do fluxo sanguíneo durante a gravidez e após o parto.

Sintomas e Sinais

Os sinais de úbere firme em uma vaca antes ou depois do parto são:

  1. Inchaço de partes individuais do úbere (direita, metade esquerda, costas) ou de todo o órgão. A condição dolorosa se estende não apenas dentro da glândula, mas também para os tecidos circundantes.
  2. Os mamilos ficam mais curtos.
  3. A pele é áspera, brilhante, com uma tonalidade azulada. Ao pressionar o úbere, forma-se uma depressão que não desaparece por muito tempo (o órgão é semelhante a uma massa).
  4. Hematomas, escoriações (se a causa da patologia for um trauma).
  5. Aumentando o tamanho do úbere.
  6. Aperto da pele.
  7. Leite aguado.
  8. Não há dor à palpação.
  9. Deformação do órgão.
  10. Compactação de tecidos com edema seroso avançado.
  11. A vaca produz pouco leite.

A doença pode desaparecer temporariamente e reaparecer, mas já em outras áreas da mama.

Que complicações e consequências podem ocorrer?

Freqüentemente, o edema ocorre antes do parto, mas desaparece por conta própria nos primeiros dias de lactação. Os veterinários ainda recomendam o monitoramento do estado do animal, uma vez que a doença (ainda que de curta duração) aumenta a suscetibilidade do órgão aos efeitos de microrganismos patogênicos.

Outra consequência perigosa é o endurecimento do órgão, no qual a glândula fica dura. A vaca dá pouco leite e tem que ser sacrificada. A mastite pode se transformar em uma forma crônica, cujos sinais são supercrescimento e espessamento do tecido. O tamanho do úbere também aumenta e a quantidade de leite diminui. Não adianta esperar que a mastite desapareça por si mesma. O animal precisa de cuidados veterinários urgentes.

Métodos para tratar edema de úbere

Existem três métodos principais de terapia que permitem eliminar completamente o inchaço da glândula mamária:

  • traçar a dieta correta;
  • massagem e outra fisioterapia;
  • o uso de medicamentos.

Terapia dietética

A patologia pode ser tratada com uma dieta devidamente selecionada. O alimento suculento é retirado do cardápio de uma vaca doente, contribuindo para a formação do leite. Eles também reduzem a quantidade de sal de cozinha, concentrados e suplementos protéicos.

Em vez do acima exposto, sobra feno de cereais. Nesse caso, o animal é mantido com alimentação individual. Na maioria das vezes, a vaca está na coleira. Caminhadas curtas são permitidas, mas sair para o pasto como parte de um rebanho comum está completamente excluído.

Fisioterapia

Para restaurar o fluxo sanguíneo e linfático, uma vaca doente precisa massagear o úbere. A direção do movimento é dos mamilos até a base da glândula. Por conveniência, o úbere flácido deve ser preso com uma bandagem especial.

Opinião de um 'expert

Zarechny Maxim Valerievich

Engenheiro agrônomo com 12 anos de experiência. Nosso melhor especialista em chalés de verão.

A estagnação do leite pode ser evitada com ordenha freqüente - 5 a 8 vezes ao dia. Quando o edema aparece antes do parto, a vaca é ordenhada no máximo uma vez por dia.

Medicamentos

Este método é usado se os dois primeiros forem ineficazes. A terapia inclui o uso de pomadas e soluções intravenosas. O tratamento por infusão reduz a manifestação de alergias, aumenta a coagulação do sangue. Medicamentos para o coração, como a cafeína, também são usados. Graças ao estímulo da atividade cardíaca, o fluxo sanguíneo aumenta, o que favorece a retirada de fluido da glândula mamária. Os veterinários aconselham esfregar a área problemática do úbere com "Rigefen". A terapia continua por 1-4 dias - até que a inflamação desapareça. O mesmo efeito tem pomada de bismutzinco, ictiol e Vishnevsky. No entanto, as duas últimas drogas estragam um pouco o sabor do leite.

Remédios populares e receitas

Produtos caseiros são permitidos se aprovados por um veterinário. O autotratamento de um úbere edematoso implica o desenvolvimento de complicações. Os métodos tradicionais são eficazes nas fases iniciais da doença e apenas em combinação com a terapia medicamentosa. Esses fundos ajudam a alcançar rapidamente um efeito positivo. Para aliviar o inchaço do úbere, você pode usar infusões e decocções diuréticas:

  • caldo de endro (em casos avançados);
  • de botões de bétula, bagas de zimbro, cavalinha de campo;
  • infusão de endro ou erva-doce (despeje um balde de água fervente e dê 1-2 baldes para beber por dia durante 3 dias).

Pomadas e loções aplicadas no úbere inflamado não são menos eficazes. Para preparar remédios caseiros, você precisará de:

  1. Amido de arroz. O produto é diluído em água até obter uma consistência espessa e espalhado sobre um pano de algodão. Em seguida, a compressa é aplicada no local dolorido e mantida por 3-5 horas.
  2. Leite, manteiga, farinha de centeio. Um bolo é feito com esses componentes e aplicado no úbere por algumas horas.
  3. Óleo magro, parafina ou cera de abelha. Os ingredientes são misturados em banho-maria, resfriados e lubrificados com a área doente.
  4. Amido de batata, óleo vegetal. Os produtos são misturados e obtém-se um creme.

Existem medidas preventivas?

As medidas preventivas para o desenvolvimento de edema de úbere são a manutenção adequada. Em particular, esta regra se aplica à qualidade da alimentação do animal. As vacas precisam ser regularmente removidas para o pasto a fim de excluir a estagnação da linfa e do sangue no corpo.

A medida preventiva mais importante para evitar o edema do úbere é o preparo de uma dieta adequada durante o período de seca.

Este ponto requer atenção especial no período de três semanas antes e depois do parto: a comida deve consistir em um feno, e ervas suculentas e concentrados são retirados do cardápio do animal. Além disso, a frequência de ordenha é reduzida. Suplementos protéicos, silagem e concentrados são adicionados ao cardápio da vaca três semanas antes do parto para preparar o corpo para a alimentação.

É importante que a alimentação seja de altíssima qualidade. Os alimentos devem ser verificados regularmente quanto a micotoxinas e os grãos devem ser processados ​​por esmagamento ou extrusão. A mudança da dieta após o parto é feita gradativamente, pois o corpo ainda não se recuperou do parto.

Para prevenir o desenvolvimento de edema de úbere, é necessário seguir as regras de higiene e requisitos sanitários ao realizar tais manipulações:

  • parto;
  • ordenha;
  • intervenção cirúrgica;
  • um corte de cabelo;
  • outros eventos deste tipo.

Se forem encontrados sintomas de edema de úbere, leve o animal ao veterinário. Você não deve lidar com o tratamento sozinho. O principal método de terapia é a correção da dieta.


Assista o vídeo: Edema de úbere (Janeiro 2023).