Conselho

Como plantar, cultivar e cuidar da lavanda em casa

Como plantar, cultivar e cuidar da lavanda em casa


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A flor de lavanda encarna a pureza do ar da montanha, a plenitude dos aromas e a beleza do clima do sul. Os arbustos de lavanda são fáceis de cultivar em casa, observando uma série de regras - escolha o tipo adequado de solo, recipiente, regime de irrigação, mantenha a temperatura. As inflorescências em forma de orelhas, formadas por espirais de flores roxas, azuis, brancas ou vermelhas, dão cor ao interior da cozinha ou varanda. Vamos analisar as regras para o cultivo de lavanda em um ambiente.

A lavanda pode ser cultivada em casa?

Pelas suas características biológicas, a alfazema é um arbusto perene termofílico e perene, portanto, em casa, as plantas de alfazema se sentem bem, desde que sejam criadas para elas iluminação, umidade e temperatura ideais.

Na família, a lavanda pode ser usada e útil como óleo essencial de aroma agradável e como planta medicinal. Os buquês são colocados na cama com o recém-nascido para um sono reparador, é útil para os idosos beberem chá de ervas para normalizar a freqüência cardíaca e um bom suprimento de sangue para o cérebro. Os banhos de lavanda têm um efeito calmante e rejuvenescedor.

Variedades adequadas

O gênero botânico Lavender inclui cerca de 50 espécies. Os mais comuns e adequados para o cultivo em um apartamento são:

  • folhas estreitas, com folhas pubescentes alongadas e espiguetas de inflorescências de azul claro a roxo;
  • serrilhada, com folhas recortadas carnudas, como suculentas;
  • lanoso - as folhas são esbranquiçadas, cobertas de pubescência tomentosa, as inflorescências são altas;
  • folha larga - o mais rico em óleos aromáticos;
  • corte múltiplo - inflorescências triplas, folhas - semelhantes a samambaias;
  • peciolado - pedúnculos altos com flores roxas, toda a planta é perfumada;
  • stekhad - flores rosa-púrpura em inflorescências arredondadas.

Todas essas espécies pertencem à família Lamiaceae, que se distribuem por áreas de clima temperado e marítimo.

Variedades de lavanda de folhas estreitas

Os produtores de sementes oferecem variedades domésticas de lavanda Izida, Sineva, Stepnaya e Yuzhanka para compra com períodos de floração de meados de junho ao início de agosto. No entanto, em casa, as plantas podem florescer mais cedo e, com muito cuidado, podem dar brotos de floração durante todo o ano.

É importante lembrar: no outono e no inverno em casa, a floração não será abundante, como acontece com a chegada da primavera e do verão.

Híbridos ingleses e holandeses são de particular interesse. O custo das sementes híbridas é maior, mas a variedade de cores e aromas é mais ampla: Mansted (roxo), Headcoat azul (azul-azul), Alba (branca como a neve), Rosea (rosa), Grosso, Elizabeth, Havana (roxo )

Variedades lanosas de lavanda

As folhas densamente pubescentes permitem que as plantas evaporem menos umidade e toleram bem os períodos de seca, ao mesmo tempo, este tipo de lavanda não tolera o encharcamento de forma alguma, e se houver umidade estagnada no recipiente, as raízes podem se molhar, o que irá levar à morte do arbusto. As variedades mais comuns são Richard Gray, Silver Frost, Sawyers.

Variedades de lavanda

Essas variedades são altamente estéticas e contêm muitos aromas e óleos essenciais. Na cultura ambiente, as variedades Royal Crown, Blue Cushion (roxo claro), Blue Ice (roxo claro), Christiana (azul-roxo), Havenly Angel (branco) são ótimas.

Variedades de lavanda

As pétalas superiores, como um tufo, acima da cabeça da flor dão a impressão de uma planta exótica, muitas variedades de lavanda Stekhad são bicolores: Fathead - uma espigueta azul escura com um tufo escarlate, Rocky Road - uma espigueta roxa com um rosa tufo, Tiara - um cone azul com um tufo branco, Kew Red - uma espigueta vermelha brilhante com um tufo branco, Lilac Wings é uma espigueta roxa com um tufo rosa. As variedades monocromáticas não são menos bonitas - Helmsdale é vermelha, Snowman é branca.

Condições de cultivo

Na natureza, os arbustos de lavanda selvagem são encontrados nas planícies costeiras arenosas do Mediterrâneo, nas áridas regiões montanhosas da África, Austrália e Índia. A planta gosta muito de calor e não tolera umidade estagnada no solo. Vamos considerar de forma mais semelhante que condições precisam ser criadas em casa para o cultivo de lavanda bem-sucedido.

Vaso de flores

O sistema radicular de todas as variedades de lavanda é profundamente penetrante, fundamental. Na superfície, os ramos da raiz, engrossam e com o tempo ficam cobertos por uma crosta densa. Portanto, para lavanda, você deve levar uma panela funda, a profundidade mínima do recipiente deve ser de 12 a 14 centímetros. É necessário selecionar recipientes com base no fato de que a flor ficará no recipiente por pelo menos 3-4 anos. Em forma, podem ser vasos redondos, quadrados ou retangulares.

Os arbustos de lavanda que crescem verticalmente, plantados distantes uns dos outros em recipientes alongados ovais ou retangulares, parecem espetaculares. Os arbustos com ramos caídos são mais eficazes em vasos redondos ou quadrados. O esquema de cores do recipiente também é importante - é preciso levar em consideração a cor da flor e os detalhes do interior, criando harmonia. É aconselhável não encher a sala com alfazema com outras flores, caso contrário a planta não ficará bem.

Requisitos de localização e iluminação

Para cultivar lavanda em casa em vasos, você deve escolher as janelas do sul ou sudoeste, onde é quente e tem muita luz durante o dia. No inverno é aconselhável isolar o peitoril da janela e, em dias nublados, iluminar adicionalmente a cultura com o auxílio de um fitolampo. A alfazema deve ser exposta à luz por pelo menos 6-7 horas por dia no inverno e pelo menos 12 horas no verão. A sala deve ser ventilada com mais freqüência, mas sem criar correntes de ar.

No verão, os vasos são transferidos para uma varanda ou loggia, tentando evitar que a luz direta do sol incida sobre a delicada planta, caso contrário, ela pode queimar. É preferível encontrar um local bem iluminado para o contêiner na parte de trás da varanda.

Seleção de solo

A lavanda cresce em solos alcalinos com predominância de areia, portanto, areia grossa de rio deve ser adicionada à mistura de solo.

Importante! Ao escolher uma mistura de solo, preste atenção ao pH do solo, ele deve estar acima da marca de 7,0.

Se o substrato for misturado de forma independente, você deve pegar solo de jardim, areia e turfa em uma proporção de 2: 2: 1. Não se pode levar muita turfa, pois ela tem uma reação ácida no meio ambiente. À venda existe um solo para cactos com um pH de 7,5-8,0, que contém solo de grama, lascas de cerâmica e vermicomposto. Funciona muito bem com lavanda.

Regras básicas para o cultivo de lavanda na janela

Para o cultivo em uma cultura de maconha, a lavanda pode ser semeada com sementes, mudas de raízes tiradas de amigos ou conhecidos, mergulhando ou dividindo o arbusto acabado.

Regras de semeadura

A semeadura é melhor feita no início da primavera, porque nessa época as plantas estão mais ativas no crescimento. A profundidade de semeadura é de meio centímetro. Um filme é esticado sobre o recipiente com as sementes semeadas para evitar a evaporação da umidade e o ressecamento das sementes. As mudas aparecem dentro de 10-20 dias.

Imediatamente após o surgimento dos brotos, o filme é retirado e as plantas recebem luz, ventilação e soltura do solo. Se as mudas estiverem excessivamente compactadas, é aconselhável dividi-las em recipientes separados.

Estacas de enraizamento

Rebentos de 2 a 4 anos com raiz de casca bem em água ou substrato arenoso. Para isso, o pedúnculo deve ser liberado das folhas inferiores e colocado em um recipiente com água limpa ou a extremidade inferior deve ser pulverizada com Kornevin ou KorneStim em pó e depois plantada em substrato, aprofundando 2 a 3 centímetros. As estacas podem ser armazenadas na geladeira por cerca de um mês.

Reprodução por camadas

Se você tem um arbusto de lavanda em mente que gostaria de propagar, então um dos galhos antigos que se desviam para o solo pode ser polvilhado com substrato e, após 3-4 semanas, cuidadosamente cortado do arbusto-mãe, desenterrado e transfira para um novo contêiner.

Dividindo o mato

A divisão do arbusto pode ser realizada se a planta for adulta e muitos brotos bem desenvolvidos estiverem deixando sua raiz, e a própria raiz tiver crescido na direção horizontal. Neste caso, o arbusto é cuidadosamente cortado com poda ao longo da raiz e plantado em recipientes separados.

Mais cuidado com a cultura

Quando cultivada em casa, a lavanda raramente precisa de rega, tempero e poda do arbusto. Além disso, é importante organizar a "sazonalidade" - no inverno deve ser mais fresco e seco, no verão deve ser mais quente e mais regado. Vamos dar uma olhada mais de perto em como cuidar da alfazema em casa.

Rega

No verão, a rega não deve ser superior a 2 vezes por semana, com volume moderado. Se o solo contiver muita areia, o solo no recipiente irá secar visivelmente, mas isso não deve ser motivo para regas frequentes e abundantes.

No inverno, a rega deve ser feita uma vez a cada 10-14 dias, em pequenas porções. A água deve estar à temperatura ambiente, não se pode regar as flores com água turva vinda diretamente dos canos de água.

Top curativo

A alfazema reage à fertilização com potássio. No verão, o solo pode ser fertilizado com 5-7 gramas de sal de potássio, dissolvido em 0,5 litros de água de irrigação. Na primavera, é bom dar cobertura com Humate de potássio na proporção de 5 mililitros por 0,5 litro de água de irrigação.

Importante! Fertilizantes de nitrogênio, bem como esterco e excrementos de galinha, não devem ser administrados sob lavanda.

Doenças e pragas

Plantas em recipientes podem ser afetadas por mofo cinza. Esta doença fúngica se manifesta como uma flor de canhão branca que aparece nos brotos. Com o tempo, a placa cresce em um molde cinza-azulado e as plantas morrem.

No estágio inicial da doença, a planta pode ser salva por pulverização com Hom ou sulfato de cobre. Nos estágios posteriores, as drogas têm pouco efeito.

Dentre as pragas, os ácaros carregados da rua pelo vento ou com sapatos podem atacar a alfazema. Se uma teia de aranha clara for visível nos brotos, isso é um sinal do aparecimento de carrapatos que não são visíveis a olho nu. Os arbustos serão salvos por um tratamento com Fitoverm.

Dificuldades em crescer

Ao cuidar da lavanda, o mais difícil é aderir aos regimes de rega. A planta não gosta de longos períodos de alagamento ou falta de umidade no solo.

Para evitar este problema, tenha como regra regar as flores em dias alternados, e a quantidade de água a regar varia consoante a temperatura ambiente. Se estiver quente, dê mais água e vice-versa.

Colheita

As espigas são colhidas no momento da plena revelação de cada flor, amarradas em pequenos buquês e secas em estado de suspensão na varanda. Armazene grama seca em sacos de papel ou sacos de algodão por no máximo 1 ano. Buquês secos em vasos podem ser usados ​​em interiores como flores secas. A planta de lavanda, por sua beleza e benefícios, merece ser plantada em um apartamento. Use nossas recomendações para cultivá-lo e colher uma abundante colheita de flores perfumadas.


Assista o vídeo: COMO CUIDAR DA LAVANDA. DICAS SUPER FÁCIL (Novembro 2022).