Conselho

Por que você precisa beliscar as uvas em junho e julho e como remover adequadamente o excesso de brotos

Por que você precisa beliscar as uvas em junho e julho e como remover adequadamente o excesso de brotos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Cada jardineiro planta várias mudas de uva em seu terreno. Mas para obter uma colheita abundante, é necessário realizar procedimentos regulares. Um deles é beliscar uvas. Dominar o conhecimento da regência é fácil. O principal é descobrir por que e em que momento realizar a operação, como os enteados afetam a produtividade da planta.

Prós e contras de fixar

Após o início da estação de crescimento, os enteados secundários crescem a partir do rebento principal. Os especialistas avaliam os brotos secundários de forma diferente, destacando não apenas os aspectos positivos, mas também os negativos.

Prós:

  • aumenta a massa verde das plantações, com o que se potencializam os processos de fotossíntese e melhora a nutrição;
  • as folhas novas convertem a energia do sol e do dióxido de carbono em substâncias úteis;
  • nos ramos laterais, as folhas desenvolvem-se mais tarde - este é um bom substituto para a folhagem velha da videira principal.

Ter filhos adotivos ajuda a nutrir as uvas à medida que amadurecem. Com os devidos cuidados, o rendimento aumenta significativamente.

Desvantagens:

  • Se o crescimento não for controlado, o arbusto ficará muito grosso. A ventilação será prejudicada e, como resultado, doenças fúngicas afetarão a planta.
  • Cada filial deseja ocupar o máximo de espaço possível para um bom crescimento. Portanto, a videira principal receberá menos nutrição, que é necessária para a formação da colheita.
  • Um ramo bem desenvolvido da segunda linha inibe significativamente os processos de amadurecimento dos frutos.
  • Um grande volume de folhas provoca sombreamento do fruto. A fotossíntese e o amadurecimento dos frutos são prejudicados.

Portanto, beliscar os brotos é um procedimento necessário.

Por que isso é necessário?

Fuga da segunda fila - enteado. Ela cresce no seio da folha. Os galhos começam a crescer em junho e absorvem parte significativa dos nutrientes. O enteado cresce mais rápido do que um rebento frutífero.

Se você ignorar o corte, então:

  • as bagas serão pequenas;
  • doenças fúngicas se desenvolverão;
  • um ácaro de feltro instala-se na folhagem jovem.

A retirada dos enteados estimula o crescimento vertical das plantações.

Datas do procedimento

A poda de verão ajuda a aumentar a qualidade e o volume da colheita. A poda começa em junho. Remova o crescimento novo e amarre a videira. Examine os brotos e as raízes. As peças congeladas no inverno ficam brancas e devem ser removidas.

A decapagem da uva em julho é realizada após a floração. Juntamente com a fertilização adicional, a qualidade e o volume das bagas irão aumentar.

O crescimento excessivo de enteados provoca a perda de metade da safra. Quando os processos são completamente removidos, um terço dos frutos se perde. Para preservar e aumentar a produtividade, duas folhas são deixadas no enteado.

Regras de fixação

Antes de prosseguir com o procedimento, você precisa descobrir como pinçar corretamente.

O processo é dividido em etapas:

  1. Beliscando. Realizado antes da floração das vinhas. O procedimento é fácil, é realizado com dois dedos, beliscando a parte superior do broto jovem. Comprimento de 10 centímetros até a parte inicial da trepadeira lenhosa. Essa manipulação retarda o crescimento dos brotos. O resultado é que as forças destinadas aos ramos jovens vão para as inflorescências. Esta fase ajuda a aumentar a frutificação.
  2. Cortando o enteado. Realizado após a floração. Os enteados das uvas são processos laterais. Você não pode cortá-los no chão. O arbusto se desenvolve rapidamente e, após alguns dias, novos brotos crescem dos cortes. Corte a uma distância de dois centímetros da primeira folha. Após o procedimento, as plantações são examinadas regularmente. Novos brotos são cortados.
  3. Perseguindo. O método se assemelha a beliscar. A principal diferença é que a área com o topo dos brotos é profundamente removida. Realizado no final da temporada de chalés de verão. Este método permite que as bagas amadureçam rapidamente. Na cunhagem, sobram 14 folhas no broto. Esta quantidade garantirá uma vida normal e não prejudicará a frutificação. O procedimento é realizado com as mãos desprotegidas.
  4. Esclarecimento. Esta é a remoção de algumas folhas nas plantações de frutificação. Isso fornece ventilação adequada. Realize na hora do amadurecimento dos frutos. A critério dos jardineiros pode ser realizada a qualquer momento. Não deixe as folhas nas raízes. Nesta parte, as bactérias que atacam as raízes se acumulam. Como resultado, a videira morre.

Ao remover enteados com tesouras de poda, o instrumento é pré-tratado com água oxigenada.Se você descobrir como remover os brotos corretamente, uma videira se formará e a qualidade da fruta aumentará. A poda melhorará os rendimentos e reduzirá o risco de doenças.

Recomenda-se arrancar a folhagem à volta dos frutos três semanas antes da maturação técnica dos bagos. Graças a isso, o teor de açúcar aumentará e o processo de amadurecimento será acelerado. Se as folhas forem completamente removidas, a planta não receberá a nutrição necessária e retardará o amadurecimento. Portanto, todos os processos de formação de arbustos são abordados com responsabilidade.


Assista o vídeo: Como plantar uva mais rápido (Fevereiro 2023).