Conselho

Quais são as propriedades benéficas e prejudiciais dos damascos para a saúde e como usá-los corretamente

Quais são as propriedades benéficas e prejudiciais dos damascos para a saúde e como usá-los corretamente


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os frutos do damasco são valorizados pelo sabor especial e pelo valor do produto. Os frutos começam a aparecer nas parcelas domésticas no final de junho, e a frutificação continua até o final do verão. Muitos já ouviram falar sobre a utilidade de frutas frescas, mas apenas alguns pensam que o uso excessivo da fruta pode ser perigoso. Para ter uma ideia completa, você deve descobrir quais são os benefícios e os malefícios dos damascos.

Composição e componentes principais

O conteúdo calórico de 100 g de damasco é de 43 kcal. Ao comer uma fruta, a pessoa não recebe mais do que 12 kcal. A fruta é famosa por seu rico teor de ácido fólico, vitaminas dos grupos A, B e H. O produto é valorizado pelo alto teor de potássio. Ele contém uma grande lista de vários compostos minerais, incluindo iodo e ferro. O damasco é rico em sacarose e fibra alimentar, esta última ajudando a melhorar o funcionamento do sistema alimentar e a acelerar o metabolismo.

Benefícios e danos ao corpo

O damasco é considerado um produto valioso para todo o corpo humano. A peculiaridade da fruta está na sua versatilidade, ela pode ser consumida fresca e seca, a partir dela preparada decocções e compotas, utilizada como ingrediente em decocções e chás. As receitas de preparações de inverno são muito apreciadas pelas donas de casa, com a ajuda das quais as valiosas qualidades do produto podem ser preservadas por um longo período de tempo.

Para mulheres

Para as mulheres que controlam o peso corporal ou desejam emagrecer, o damasco é considerado um produto indispensável. O teor calórico insignificante do produto permite que ele seja incluído na dieta de quem está perdendo peso. O sabor agradável e a doçura natural da fruta ajudam a reduzir o nível de estresse que surge inevitavelmente quando uma pessoa precisa abandonar os produtos anteriormente disponíveis. É um ótimo substituto para doces e guloseimas tradicionais.

Para mulheres que sofrem de ciclos menstruais dolorosos e intensos, o uso de damasco é uma indicação direta. Durante o período do início da menstruação, sua hemoglobina cai drasticamente, o nível da qual pode ser facilmente aumentado comendo frutas. As frutas ajudam a normalizar a composição do sangue, eliminar tonturas e aliviar espasmos.

Para homens

Devido ao alto teor de vitaminas B nos damascos, seu uso tem um efeito positivo no funcionamento do sistema nervoso, permitindo que você esteja mais focado na resolução de problemas complexos. Fósforo e magnésio são estimulantes naturais que podem melhorar a função das células cerebrais.

A fruta é recomendada para ser incluída na dieta alimentar com grande esforço mental e físico, sensação de apatia ou fadiga crónica.

O uso de damasco ajuda a aumentar a potência, pois aumenta o fluxo sanguíneo na região da virilha. Eles agem como um agente profilático contra doenças da próstata. Homens com mais de 45 anos correm o risco de desenvolver doenças cardíacas, as frutas ajudam a prevenir processos patológicos, manifestações ateroscleróticas e trombose.

Use durante a gravidez

O damasco contém muito ferro. Para mulheres grávidas que sofrem de anemia durante o período de gravidez, torna-se uma fonte valiosa de reposição da deficiência de minerais no corpo. Seu uso regular ajuda a normalizar a produção de glóbulos vermelhos e normaliza o sangue.

As mulheres durante a gravidez costumam sofrer de edema, o que afeta negativamente seu bem-estar. Os frutos do damasco têm efeito diurético e promovem a eliminação natural do excesso de líquidos. Nas mulheres, ao mesmo tempo, a pressão arterial se normaliza, elas deixam de ser incomodadas por dores de cabeça e diminui os vômitos. Devido à rica composição do damasco, seu uso tem um efeito positivo no desenvolvimento do bebê e permite preservar a beleza de uma mulher.

O damasco é benéfico para a amamentação, pois estimula a produção e a qualidade do leite, aumentando seu teor de gordura. A fruta ajuda a remover o amargor, que costuma aparecer em mulheres com alimentação inadequada.

Crianças

Para as crianças, os damascos são uma delícia que pode eliminar rapidamente a fome e repor as energias. As frutas ajudam a aumentar a imunidade, o que tem um efeito benéfico na capacidade da criança de resistir a doenças virais e infecciosas. Fonte natural de minerais e vitaminas na forma de damasco ajuda as crianças a se desenvolverem fisicamente e mentalmente normalmente.

As propriedades curativas do damasco ajudam a lidar com o problema de convulsões em crianças. Essas propriedades são possuídas por frutos secos - kaisa, damascos, damascos secos. O suco contém substâncias especiais que podem influenciar os processos de excitabilidade do cérebro, afetando assim os estados convulsivos.

Pessoas velhas

Os idosos costumam sofrer de vários tipos de distúrbios digestivos. Para resolver problemas desse tipo, basta comer damasco todos os dias, você pode comer até 100 g de polpa por dia para sentir uma melhora no bem-estar. As fibras de damasco afetam suavemente a mucosa gástrica, contribuindo para a normalização da acidez gástrica e normalização do pâncreas.

O efeito complexo tem um efeito positivo no funcionamento da vesícula biliar e do fígado.

Devido à presença de carotenóides na composição, o damasco tem um efeito positivo na função da visão. É recomendado que seja incluído na dieta para problemas com os músculos oculares, como um agente profilático para a ameaça de catarata ou glaucoma.

Qual a melhor forma de consumir

O damasco pode ser consumido fresco e seco, pois ambas as formas contêm uma grande quantidade de nutrientes. Fazer geléias e sobremesas é uma boa forma de preservar o valor do produto para o inverno, mas a quantidade de vitaminas no produto é reduzida devido ao tratamento térmico.

Fruta madura

A vantagem dos damascos frescos é a capacidade de obter uma fonte valiosa de vitaminas diretamente nos alimentos. Uma nova colheita torna possível o uso imediato da fruta para alimentação, sem a necessidade de processamento adicional. Na hora de usar, deve-se levar em consideração a lista de contra-indicações, que não farão mal ao organismo.

Damascos secos

Os especialistas, falando sobre os benefícios dos damascos secos, colocam-nos em primeiro lugar em comparação com as frutas frescas. Isso se deve ao fato do produto desidratado conter maior quantidade de nutrientes para cada grama de massa de fruta. Os damascos secos são especialmente adequados para quem precisa de uma fonte adicional de vitaminas e minerais durante o período de recuperação após a cirurgia. Para as gestantes, torna-se um produto valioso quando há escassez de frutas frescas na estação fria.

Por que o suco de damasco é útil?

O suco de damasco contém uma lista completa de vitaminas e minerais presentes nas frutas frescas. Também é capaz de remover toxinas e toxinas do corpo. Quando consumido, o risco de desenvolver placas de colesterol é reduzido e os taninos ajudam a fortalecer as paredes intestinais. As propriedades antibacterianas do produto ajudam a combater as bactérias.

Além de um efeito positivo em todos os órgãos importantes da vida do corpo, ajuda a lidar com deficiências de vitaminas e anemias. Ao usar 10 ml de suco por dia, há melhora no funcionamento do estômago e as fezes se normalizam. Para problemas de pressão arterial, deve ser tomado 0,5 xícaras 3 vezes ao dia antes das refeições.

É possível comer damascos verdes

Os damascos verdes não são recomendados para comer, uma vez que não contêm os componentes úteis adequados que o sistema digestivo humano seria capaz de aceitar. O uso dessas frutas pode causar intoxicações, acompanhadas de vômitos, diarréia, febre e outros sinais característicos de intoxicação.

Para quais doenças é recomendada a dieta do damasco?

Com a ajuda de damascos, você pode perder peso facilmente e, o mais importante, é agradável. O problema do peso, muitas vezes, não é apenas estético, o excesso de peso corporal, em comparação com a norma, pode ser a causa de vários tipos de doenças. Os principais incluem:

  • doenças do sistema cardiovascular;
  • problemas de pressão;
  • doenças articulares;
  • Desequilíbrio hormonal;
  • problemas ginecológicos.

A dieta de damasco é freqüentemente prescrita quando necessária para melhorar o funcionamento do sistema digestivo. O efeito terapêutico da inclusão de frutas na dieta é obtido na forma de normalização da função renal. Devido à capacidade dos damascos de melhorar a composição do sangue, é frequentemente usado para prevenir várias doenças cardíacas.

A dieta de damasco envolve o cumprimento de uma série de regras. A dieta inclui frutas frescas, preparação de saladas, sucos naturais com elas ou comê-las frescas. Ao mesmo tempo, os alimentos básicos são excluídos da dieta. Tal restrição na ingestão de alimentos não deve durar mais do que 5 dias, caso contrário, será obtido estresse negativo para o corpo. Durante a dieta alimentar, é necessário comer em pequenas porções, antes das refeições e após as refeições, ingerir água limpa sem gases. Comem-se até 1,5 kg por dia, portanto, a perda pode ser de 3 a 5 kg.

Se você quiser recorrer a uma restrição alimentar menos severa, pode incluir no cardápio alimentos que contenham muito ferro e potássio. Independentemente do tipo de dieta escolhida, você pode recorrer aos benefícios do damasco no máximo 1 vez por mês.

Quem deve evitar frutas

O damasco não pode ser tomado de forma descontrolada, pois tem uma série de contra-indicações. Pode prejudicar pessoas com sintomas de gastrite crônica e exacerbações de úlcera péptica. A fruta deve ser comida com cuidado se a glândula tireóide estiver disfuncional e houver hepatite. O corpo com essas doenças assimila mal a queratina contida nos damascos, por isso é mais conveniente para eles organizarem a ingestão de vitamina A em sua forma pura.

Vale a pena excluir essa fruta da dieta de pacientes com diabetes mellitus. Algumas variedades de damasco contêm até 80% de sacarose, cuja ingestão nessa doença deve ser controlada.

Algumas pessoas gostam de comer nozes de damasco, o que pode ser perigoso. As nozes contêm amigdalina, excedendo a norma permitida, que é perigosa para os humanos. A quantidade permitida por dia para um adulto é considerada a quantidade de grãos no valor de 20 g. A redução da concentração de uma substância perigosa permite o tratamento térmico dos ossos e de seu conteúdo.

O uso da polpa da fruta em cosmetologia

Em casa, você pode preparar produtos cosméticos e de cuidados a partir do damasco e seu óleo, incluindo máscaras para o rosto, corpo e cabelos. A fruta é considerada um "salvador" para a pele problemática, pois normaliza as glândulas sebáceas e ajuda a limpar os poros. O óleo tem uma atividade biológica única e, ao entrar nas células dos tecidos, é garantida a prevenção do envelhecimento. É adequado para todos os tipos de pele, melhora a aparência e melhora o tom.

Os damascos são freqüentemente encontrados em cremes, máscaras e xampus tradicionais. Devido à grande quantidade de substâncias orgânicas, um efeito rejuvenescedor é proporcionado ao usar tais fundos. O caroteno ajuda a hidratar a pele, enquanto o retinóide previne a descamação e a inflamação. Quando aplicado na superfície da pele, surge uma película protetora e, devido ao ácido ascórbico, proporciona o efeito de suavização das rugas.

Quais frutas vale a pena escolher e quanto damasco é armazenado

Na hora de escolher os damascos, preste atenção na aparência da fruta. Frutas de qualidade atendem aos seguintes critérios:

  • cor uniforme dos frutos, sendo inaceitável a presença de manchas e inclusões de qualquer cor;
  • aroma agradável de frutas;
  • polpa elástica que não se deforma quando pressionada;
  • sem rachaduras, apodrecimento e sinais de solavancos.

Os damascos com uma cor laranja escura ou com uma superfície de pele fosca acastanhada são mais valiosos. A presença de brilho indica o processamento de frutas com glicerina.

A vida útil depende de fatores ambientais, do método escolhido e do grau de maturidade do produto. Frutas frescas com temperatura de 0 C e umidade de 90% são armazenadas de 7 a 14 dias. Quando armazenado em condições acima de +20 C, o fruto escurece e perde seu valor nutritivo.

Os damascos secos à temperatura ambiente mantêm as suas qualidades durante 30 dias, mas devem ser hermeticamente fechados num saco. Na geladeira, o período é estendido para até 6 meses. A geléia de damasco pode ser armazenada de 1 a 5 anos, dependendo da qualidade da esterilização dos potes e da sua estanqueidade.


Assista o vídeo: Os 17 Benefícios do Damasco Para Saúde! Dicas de Saúde (Fevereiro 2023).