Conselho

Quais variedades de macieiras em um porta-enxerto anão são adequadas para o cultivo em uma casa de verão

Quais variedades de macieiras em um porta-enxerto anão são adequadas para o cultivo em uma casa de verão


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os criadores estão constantemente desenvolvendo novas variedades de macieiras que diferem em sabor, tamanho e outras características. Muitos jardineiros cultivam macieiras anãs em seus chalés de verão, que produzem frutas suculentas e podem desempenhar uma função decorativa. Apesar de seu tamanho compacto, as árvores frutíferas não são inferiores em qualidade às variedades maiores.

Recursos e benefícios da vista

A categoria de árvores de baixo crescimento tem uma pequena copa e atinge uma altura de no máximo 3 m. O tronco fino das macieiras é confiável e resiste a muitos frutos que amadurecem abundantemente... Sujeitas ao plantio adequado e cuidados adicionais, as árvores trazem uma safra em 2-3 anos. As vantagens das plantas anãs incluem o seguinte:

  1. Devido à sua baixa altura, as árvores são fáceis de manusear e colher. Jardineiros que cuidam de macieiras anãs não gastam muito tempo em técnicas agrícolas básicas.
  2. O cultivo de árvores é permitido a cada 1-1,5 metros. O plantio denso aumenta significativamente o rendimento em comparação com variedades clássicas de árvores.
  3. Em caso de vento forte e precipitação, uma pequena quantidade da fruta cai no chão. Mesmo que as maçãs caiam, elas não são danificadas devido à pequena altura das árvores.
  4. Os sistemas de raízes das variedades anãs respondem mais rapidamente à fertilização e irrigação, devido às quais a colheita amadurece mais cedo.
  5. Devido às peculiaridades da estrutura, as plantações subdimensionadas recebem mais luz natural e mais vitamina C e açúcares se acumulam no interior dos frutos.
  6. O processo de desenvolvimento e amadurecimento da cultura pára várias semanas antes do das variedades convencionais, o que permite a colheita antes da primeira geada.

Principais desvantagens

Além de uma série de vantagens comparativas, as macieiras subdimensionadas têm várias características negativas. A principal desvantagem é a baixa tolerância ao frio, razão pela qual plantações em porta-enxertos anões podem congelar em baixas temperaturas. Além disso, esta variedade requer uma manutenção regular e cuidadosa para se obter uma grande colheita. A lista de deficiências também inclui:

  • a escavação profunda do solo ao cuidar das plantações pode danificar o sistema radicular, uma vez que se encontra nas camadas superiores do solo;
  • uma árvore de pequena altura é mais frágil, portanto, no plantio de mudas, é necessária a construção de suportes;
  • os frutos de variedades anãs atraem um grande número de pragas, portanto, o tratamento antiparasitário é necessário para o cultivo de uma safra de alta qualidade.

Como eles diferem das macieiras comuns?

Jardineiros inexperientes, ao plantar mudas, costumam confundir variedades de tamanho menor com as comuns e colunares. As variedades anãs distinguem-se por uma copa extensa, que atinge os 3 m de diâmetro. As espécies comuns possuem uma copa de um tronco, com grande ramificação.

As árvores colunares parecem externamente um tronco alongado, no topo do qual crescem frutas.

Para distinguir mudas de macieira anã, é necessário prestar atenção ao sistema radicular e ao tronco na escolha. Em mudas subdimensionadas, os troncos possuem ramos que aparecem nos estágios iniciais de crescimento. O sistema radicular possui uma estrutura fibrosa, e sua firmeza e elasticidade atestam a alta qualidade da muda, devido à qual as maçãs dão frutos abundantes. Em variedades padrão, as raízes são raízes mestras.

Variedades de variedades

Existe uma grande variedade de macieiras anãs. Árvores de espécies diferentes diferem entre si na duração do amadurecimento, nas características de crescimento em certas regiões, no tamanho dos frutos. Para escolher a melhor opção de pouso em sua casa de veraneio, é importante se familiarizar com as características de cada tipo.

Por maturidade

Dependendo do período em que as árvores começam a frutificar, distinguem-se as variedades de maturação precoce, média e tardia. Amadurecimento precoce amadurece no final de julho. Uma das variedades comuns é a Melba, que dá frutos suculentos com mais de 100 g. Também são conhecidas as variedades Candy e Chudny, que rendem frutos com 120 e 150 g, respectivamente.

As variedades de verão distinguem-se pelas características gustativas pronunciadas e a sua frutificação inicia-se a partir dos 3-4 anos de vegetação.

Entre as variedades de maturação intermediária, a variedade Zhigulevsky teve grande demanda, que tolera facilmente as baixas temperaturas e dá uma colheita no final de setembro. O peso de uma fruta chega a 200 G. A colheita pode ser armazenada durante todo o inverno sem perda de sabor.

Entre as variedades de maturação tardia, as espécies Bratchud e Bogatyr podem ser distinguidas. Estas variedades começam a frutificar a partir do 4º ao 5º ano, são resistentes à geada e com safra estável. Os frutos das árvores são doces e suculentos quando bem cuidados.

Por zoneamento

Para obter uma grande colheita, é necessário cultivar uma variedade adequada para uma determinada região. As condições climáticas diferem em diferentes regiões, portanto, algumas variedades podem não criar raízes. Por exemplo, o solo e a temperatura na região de Moscou pertencem à faixa do meio, e as macieiras enxertadas em porta-enxertos clonais subdimensionados são muito procuradas aqui. Jardineiros experientes plantam variedades Melba, Zhigulevsky e Grushevka perto de Moscou na zona intermediária.

Os porta-enxertos clonais não devem ser cultivados no território da Sibéria, pois congelam sob a influência de baixas temperaturas. As variedades Palmetta, Nezhenka e souvenir da Sibéria são resistentes ao frio da Sibéria. Essas variedades produzem uma boa colheita quando plantadas em um padrão de 2,5 x 2 m.

Em Nizhny Novgorod, assim como na região de Moscou, a variedade Zhigulevsky enraíza-se bem, que é valorizada não só pelo seu amadurecimento precoce, mas também pela resistência a climas desfavoráveis. Este tipo de macieira praticamente não fica exposta à crosta e sofre condições de alta umidade.

Como plantar arvores

As árvores anãs podem ser propagadas de várias maneiras. A maneira mais fácil de fazer isso é brotando. O procedimento é realizado no início da primavera, quando as primeiras folhas começam a crescer. A essência do brotamento da maçã é que um botão com tecidos adjacentes é cortado de um rebento anual, que é inserido em uma incisão no tronco do porta-enxerto.

Cultivo de macieiras em porta-enxertos de anões

Ao plantar árvores em porta-enxertos anões, há uma série de coisas a serem consideradas. Em primeiro lugar, o local do enxerto na muda deve ser localizado acima da superfície do solo, caso contrário as plantas começarão a crescer ativamente prematuramente. Recomenda-se distribuir as raízes da muda de maneira uniforme no tronco, evitando dobrar para cima.

É melhor plantar macieiras em estoques na primavera, antes do início de uma temperatura quente estável. O plantio de mudas requer a construção obrigatória de suportes que ajudem a planta a não se dobrar com ventos fortes e com o amadurecimento de frutos pesados.

Regras para cuidar de macieiras anãs

O processo de cuidado com as mudas envolve a execução regular de ações básicas - regar, soltar, arar, alimentar e proteger contra pragas. Para cultivar árvores saudáveis, você precisa seguir as seguintes diretrizes:

  1. Inspecione regularmente as plantações para detectar atempadamente sinais de doenças e a presença de pragas.
  2. Cuidado ao arar e soltar a terra, pois o sistema radicular das mudas é pouco profundo.
  3. Antes de plantar, prepare um local para a localização da muda, certificando-se da qualidade do solo e da ausência de sopro de vento.

Também é importante considerar a época do ano ao cuidar das macieiras. Dependendo das condições de temperatura, existem certas nuances no processamento de mudas.

No verão

Na saída no verão, atenção especial deve ser dada à rega. O solo ao redor do tronco deve ser mantido sempre úmido e não seco. Em climas quentes, a atividade das pragas aumenta e produtos químicos especiais devem ser usados ​​para assustá-las.

No outono

No outono, a maioria das variedades anãs amadurece. Na época da colheita, o tronco da árvore deve estar constantemente limpo de folhas, frutos e ervas daninhas que caem. Quando a área ao redor do tronco estiver limpa de detritos de plantas, você precisa afrouxar o solo para remover caroços e danificar o isolamento térmico de pragas que vivem no solo.

Em meados do outono, o tratamento de desinfecção deve ser realizado para prevenir o aparecimento de novos insetos nocivos.

Após a colheita, é necessário aplicar cobertura com fertilizante com alto teor de componentes minerais. Em seguida, é necessária a poda sanitária da macieira para retirar as folhas secas e evitar um plantio engrossado.

No inverno

Cuidar de árvores frutíferas durante o inverno é um pré-requisito para uma boa colheita na próxima temporada. Com o aparecimento das geadas, é necessário monitorizar regularmente o estado do isolamento que cobre as raízes e a parte inferior do tronco da macieira. Durante o inverno, lebres ou ratos podem roer o material de cobertura. Também existe o risco de danos no isolamento devido à acumulação abundante de neve.

Para evitar que as copas das árvores se quebrem, você precisa monitorar constantemente a quantidade de neve na superfície. Se uma camada espessa de neve se formar nos galhos, sacuda-a. Do contrário, após o início do calor, a neve derreterá e, sob sua massa, os galhos frágeis se quebrarão.

Na primavera

No início da primavera, novas mudas precisam ser podadas para um maior crescimento ativo. Se a árvore já está crescendo há várias temporadas, a poda é necessária na primavera para fins de modelagem e higiene. Uma das etapas importantes do cuidado da primavera é o tratamento de doenças e insetos nocivos. Também é recomendado prender cintos de segurança nos troncos das macieiras anãs para pegar pragas.

Depois que a neve derreter, você precisa começar a se certificar de que a superfície do solo ao redor do tronco não seque. Cada rega deve ser concluída afrouxando o solo com uma profundidade de não 50-70 mm. A cobertura morta pode ser feita ao redor do tronco para reduzir a frequência de irrigação e manter a umidade no solo. No início de abril, durante o tempo claro, é necessário caiar a parte inferior do tronco. Também é necessário aplicar um revestimento de cobertura com um fertilizante complexo ou nitrogenado.

Características da formação da coroa

A poda da copa das macieiras é realizada duas vezes por ano para dar forma... A copa deve ser podada na primavera e no outono, quando os novos brotos ainda não entraram na fase de crescimento intensivo. Para aumentar o volume da copa, os brotos jovens devem ser direcionados para fora. Isso ajudará a tornar a árvore mais compacta na aparência, enquanto os galhos não ficarão salientes em direções diferentes.

Na maioria das vezes, a necessidade de podar a copa surge ao plantar em uma casa de verão com um pequeno espaço livre no jardim.

Doenças e pragas, maneiras de lidar com elas

As macieiras cultivadas em um porta-enxerto anão estão sujeitas às mesmas doenças que as variedades clássicas. Com cuidados inadequados, influências externas negativas ou tempo nublado constante, existe uma grande probabilidade do aparecimento de doenças como o oídio, sarna, mosaico, podridão, citosporose. Para acompanhar o aparecimento da doença em tempo hábil, é necessário inspecionar regularmente as mudas e, se forem encontrados os primeiros sinais de infecção, proceder ao tratamento fungicida.

Para combater doenças, uma solução de sulfato de cobre, enxofre coloidal e líquido bordalês são adequados.

Entre as pragas, lagartas e borboletas são consideradas perigosas para os frutos das macieiras anãs. Os insetos roem os frutos e folhas das árvores, o que leva à redução da quantidade e da qualidade da colheita. Para espantar as pragas, é necessário pulverizar a vegetação com preparações especiais.


Assista o vídeo: Maçã: Porta-enxerto (Outubro 2022).