Conselho

Por que a abobrinha apodrece no jardim: o que fazer, melhor processar

Por que a abobrinha apodrece no jardim: o que fazer, melhor processar


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Abobrinha é uma cultura vegetal da família da abóbora, amada por muitos jardineiros. Não requer cuidados especiais, rega frequente e dá frutos em abundância. No entanto, acontece que os vegetais em nossos jardins sofrem com condições climáticas desfavoráveis ​​ou erros na tecnologia agrícola. Não apenas os iniciantes, mas também os experientes residentes de verão precisam pensar sobre por que as abobrinhas apodrecem no jardim e o que fazer para preservar a colheita.

Tudo começa seguindo as regras de aterrissagem

Possíveis perdas podem ser evitadas mesmo no plantio de mudas ou sementes. Como as abobrinhas são plantas que gostam de luz e de calor, é melhor plantá-las em um local aberto e sem sombra. É importante não engrossar o plantio, uma distância de 1-1,5 m permitirá que um arbusto forte e saudável se desenvolva. É útil cobrir o solo com feno ou aparas de grama (mas não com ervas daninhas do jardim).

Os problemas de doença não podem ser evitados se os vegetais forem plantados anualmente no mesmo jardim. É melhor trocar os locais de cultivo da abobrinha, pois não há nutrientes suficientes nessas áreas e o solo é restaurado por pelo menos 3-4 anos.

Não vale a pena plantar onde crescem melões, melancias, abóboras, pepinos ou abóboras. Parentes próximos empobrecem a terra, e plantar abobrinha no mesmo lugar não trará uma boa colheita.

Se, um mês após o plantio, os primeiros 2-3 embriões apodrecem em abobrinhas, os ovários são simplesmente cortados, mas quando a doença se espalha, é melhor remover as flores murchas e polvilhar as pontas dos frutos com cinzas.

Causas de decadência

As causas comuns de abobrinha apodrecendo no jardim são umidade elevada, falta de luz solar ou solo inadequado, quando o solo do local é excessivamente rico em matéria orgânica. A falta de oligoelementos essenciais (boro, iodo ou cálcio) reduz a resistência das plantas. O processo de decomposição pode ser causado por doenças fúngicas - oídio ou podridão branca apical.

Excesso de umidade e nutrientes

Quando há muitos nutrientes no solo, um arbusto poderoso cresce com uma abundância de folhas grandes que não permitem a passagem da luz solar e cria um microclima interno favorável ao desenvolvimento de processos de putrefação.

As abobrinhas pequenas podem começar a apodrecer, então todos os frutos começam a apodrecer, e a colheita desse arbusto será perdida se medidas urgentes não forem tomadas. A alimentação de plantas é necessária, o que significa que deve ser administrada às abobrinhas em dosagem estrita.

Com regas frequentes ou tempo chuvoso, todo o canteiro fica saturado e saturado de umidade, o que cria um efeito estufa, que também contribui para o apodrecimento.

O problema está na flor

Um pedúnculo não polinizado é mais frequentemente sujeito à decomposição. Para atrair as abelhas, é melhor plantar plantas com frutos brancos ou amarelos. Em tempo nublado e chuvoso, os insetos não polinizam, então você pode fazê-lo artificialmente (pegue uma flor masculina e transfira o pólen para uma feminina).

A abobrinha pode apodrecer imediatamente após a floração. Normalmente, a flor murcha, seca e cai sozinha. Se isso não acontecer, a podridão afeta primeiro a flor e depois os frutos.

É importante que você regue o arbusto corretamente. Se derramar água de uma mangueira ou regador de cima, a flor acumula muita umidade, seca por muito tempo e começa a apodrecer, os embriões também apodrecem; por que as abobrinhas crescidas ficam amarelas - provavelmente devido à falta de oligoelementos. A saúde da abobrinha pode ser melhorada alimentando-se com fertilizantes complexos.

Infecção por oídio

Abobrinhas são freqüentemente afetadas pelo oídio. Os sinais de infecção fúngica são flor esbranquiçada e manchas deprimidas nas frutas e folhas. Em primeiro lugar, as folhas jovens e os ovários dos frutos são afetados. O desenvolvimento da doença é facilitado por variações bruscas de temperatura (noites frias e calor diurno) e rega com água fria.

As doenças fúngicas freqüentemente causam cárie; claro, é melhor prevenir a infecção ou começar a lutar nos estágios iniciais da doença.

É preciso inspecionar regularmente as plantas, a abobrinha pode adoecer com oídio e com excesso de fertilizantes nitrogenados, por exemplo, nitrato de amônio ou uréia, que são usados ​​para aumentar a produtividade. Os fertilizantes de potássio e fosfato aumentam a resistência a doenças.

Para a prevenção de doenças fúngicas, pode pulverizar as plantas com água de alho (3-4 cabeças de alho picado finamente por 10 litros).

Ajude a abobrinha: suas ações

Para evitar que a abobrinha apodreça, você precisa lidar com o excesso de umidade. A rega adequada é rara, não mais do que 1 vez por semana, mas abundante (cerca de 20 litros de água para cada arbusto). As raízes da abóbora são poderosas e a água deve penetrar a uma profundidade de 30-40 cm. Não se deve derramar água nas folhas e caules - apenas debaixo do arbusto, sem erodir as raízes. Então a terra deve ser bem solta para que uma crosta densa não se forme e a parte da raiz da planta respire.

Se a abobrinha apodrece com o excesso de umidade, recomenda-se regá-la ao longo dos sulcos e alimentá-la mensalmente com infusão de esterco podre com adição de cinzas.

Um fator importante é a exibição dos pousos. É necessário remover as folhas velhas inferiores que ficam no chão e sofrem mais do que as outras doenças, pragas e umidade. É melhor cortá-los com uma faca afiada a 3-4 cm do chicote. No dia seguinte, é bom borrifar o tronco e as folhas com uma solução de verduras brilhantes (1 colher de chá por balde de água morna). Você pode rejuvenescer regularmente o arbusto à medida que os cílios se alongam, tornando-o mais fino e prolongando a frutificação.

Jardineiros experientes recomendam proteger as plantas jovens em tempo chuvoso. Um pedaço de polietileno sobre pinos ou um guarda-chuva velho servem para isso (a água de cima não cai no arbusto, mas a circulação de ar é mantida).

As abobrinhas são mal polinizadas e apodrecem quando as folhas centrais estão bem fechadas. Nesse caso, é necessário cortar várias placas de folhas, deixando os pecíolos - eles são necessários para alimentar a planta. Além disso, os raios do sol, penetrando profundamente no arbusto, secam o micélio do oídio.

Folhas cortadas e frutas podres devem ser queimadas em vez de colocadas em uma pilha de compostagem para ajudar a preservar a colheita para o próximo ano.

Se o plantio de abobrinha precisa ser processado, é necessário processá-lo com "química" estritamente de acordo com as instruções. A falta de iodo pode ser reposta borrifando uma solução de iodeto de potássio a 0,02% ou tintura de álcool (30-35 gotas por balde de água).

Para evitar que a abobrinha apodreça por falta de boro, use ácido bórico na diluição de 1 g por 5 litros de água ou fertilizantes complexos com microelementos.

Abobrinhas também podem apodrecer com a terra úmida, você também pode tentar salvá-las colocando tábuas ou palha. Ao mesmo tempo, não se esqueça de que as lesmas vão se acumular ali - elas precisam ser coletadas regularmente.

O melhor método para garantir uma colheita abundante de abobrinhas e para lidar com qualquer doença é comprar sementes híbridas que não são suscetíveis a infecções fúngicas ou podem facilmente lidar com esses problemas.


Assista o vídeo: Conheça os mitos e verdades da abóbora e da abobrinha (Outubro 2022).